enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Torcida do Botafogo arma tumulto

  • Por Agência Globo

A reunião do Conselho Deliberativo que votaria a proposta de criação da Companhia Botafogo S/A foi suspensa na noite de terça, pouco antes do seu início. Membros da torcida organizada Fúria Jovem invadiram o clube com faixas e gritos de protestos contra a proposta encabeçada pelo presidente Bebeto de Freitas e impediram o encontro entre os conselheiros e a diretoria.

Bebeto lamentou a confusão e estranhou a presença de tantos torcedores no que seria uma reunião apenas entre os conselheiros. “Nem quando o time caiu para a Segunda Divisão veio tanta gente protestar”, afirmou. O dirigente fez questão de explicar que, de acordo com o estatuto, nem precisaria da aprovação do conselho para criar a empresa.

A diretoria do Botafogo vai decidir ainda se aguarda a marcação de uma nova reunião do conselho ou se explica a situação do clube ao conselho através de uma carta.

Os torcedores invadiram o clube sob os gritos de “Queremos time” e “Fora Levir”. Havia faixas de protesto contra a criação da Companhia Botafogo, entre elas uma que dizia “O Botafogo não nasceu para ter dono”. Cerca de 20 funcionários demitidos na última sexta-feira também participaram do protesto. Diante de tanta confusão, o presidente do Conselho Deliberativo alvinegro, Marcos Portela, encerrou a sessão.

Versão

André Filho, líder da facção Fúria Jovem, explicou o motivo do protesto. Os torcedores levaram faixas, pediram a demissão do técnico Levir Culpi e cantaram o hino do clube. “Enquanto não soubermos os motivos pelo qual querem transformar o Botafogo em empresa, não haverá votação”, ameaçou.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas