A Polícia Militar de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, prendeu 30 torcedores do Coritiba acusados de promover um arrastão na tarde de segunda-feira (7). O crime aconteceu às 17h entre a orla do mar e a Avenida Atlântica, no centro da cidade.

De acordo com o delegado Alonso Moro Torres, titular da delegacia de Balneário Camboriú, quase todos os presos vestiam uniformes do Coritiba. No arrastão, o grupo levou carteiras e pequenos objetos.

“Foi tudo muito rápido, mas a PM se mobilizou e conseguiu prender os envolvidos, inclusive 14 menores de idade”, afirma Torres. Todos são de Curitiba e região e teriam ido passar o feriado na cidade litorânea.

Os envolvidos foram autuados por formação de quadrilha e roubo. Os adolescentes foram encaminhados à Delegacia da Mulher e os outros estão presos no Presídio de Balneário Camboriú.