O mistério já virou rotina. O técnico Toninho Cecílio não deu nem pistas sobre o esquema tático que será adotado. Fora de casa, e sabendo que o CRB vem para o tudo ou nada, a tendência é a opção pelo 3-5-2. “Na minha cabeça o time está definido. Mas vou segurar um pouco, pois quero ver mais do CRB”, disse o treinador.

 

Se optar por três zagueiros, Alex Bruno, após seis meses, reaparece na equipe. “Sei que ele não teve uma boa temporada, com muitas lesões. Mas é um bom jogador, experiente e que pode nos ajudar”, comenta Cecílio.

 

Se a escolha for o 4-4-2, ele pode deslocar Fernandinho para o meio-campo, com Wendell Borges retornando na esquerda. O meio-campo pode ter ainda Cambará, na vaga de Vandinho, que não foi bem nas últimas partidas. Já no ataque, a dúvida é entre Wendel e Wellington Silva, já que Arthur não retornou do Ceará, onde resolve questões particulares após a morte de seu pai.