Pela primeira vez na história, o revezamento de uma tocha olímpica deixará o planeta Terra. Ontem, o Comitê Olímpico dos Jogos de Inverno de Sochi 2014 e a Agência Espacial Federal Russa (Roscosmos) anunciaram a ida da tradicional peça à Estação Espacial Internacional (ISS) através de uma nave tripulada no início de novembro.

Em seguida, os astronautas Oleg Kotov e Sergei Ryzansky a levarão para o espaço aberto e farão uma caminhada com o tradicional símbolo olímpico. Como não há possibilidade de fogo desde a Estação Espacial, ele não será aceso.

“Ninguém fez isso antes de nós. Então, quando os cosmonautas russos forem para o espaço com a tocha de 2014, eles vão entrar para a história dos Jogos. Além disso, vamos mostrar ao mundo inteiro como nosso país está se esforçando para alcançar novas vitórias”, exalta comunicado do chefe do Comitê Olímpico russo, Dmitry Chernyshenko.

A ação era parte da programação inicial do traslado da tocha, planejada ainda em julho de 2011. Apesar disso, o projeto foi aprovado apenas há dois meses. O revezamento começará no dia 7 de outubro, 123 dias antes do início dos Jogos. Serão 65 mil quilômetros e 80 cidades russas percorridos, com mais de 14 mil pessoas designadas para carregar o símbolo olímpico – números recordes do evento.