enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Toby: um prodígio do futebol alviverde

  • Por Redação

Levado ao Coritiba por um dos pedreiros que fazia obras no Couto Pereira, Dorival Mateus da Costa, o Toby, revelou-se um prodígio do futebol alviverde.

Inicialmente, jogou pelas categorias de base – sendo treinado por Bugrão, Sisico e Kruger – para, em 1985, despontar como Campeão Brasileiro ao derrotar o Bangu. O título marcaria profundamente sua carreira, permitindo que seu nome reverberasse Brasil afora.

Para o meia alviverde, a conquista do Brasileirão foi resultado de “um comprometimento muito grande por parte de todos, – por parte dos torcedores, por parte dos dirigentes”. Havia, naquele ano, uma forte união entre os atletas, que sempre se dirigem ao Coritiba, carinhosamente, por “família” e que faz com que os laços de amizade perdurem até hoje.

Ironicamente, no ano seguinte ao título, o craque passaria a atuar pelo Bangu, no entanto, nunca deixaria de ser reverenciado e lembrado pela torcida coxa-branca. A gratidão do meio-campista com a torcida transcende as relações entre jogador e público, criando uma singular cumplicidade. Na opinião do jogador, os triunfos alcançados pelo time do Alto da Glória se devem à participação da torcida.

Como forma de agradecer e presentear os torcedores e companheiros, Toby publicou esse ano o livro Coritiba: Campeonato Brasileiro de 1985 na visão do campeão Toby. O livro apresenta o caráter documental, registrando cada partida disputada e seus bastidores. “Você relembra, parece que você entra novamente em campo”, confessou Toby, sobre a emoção de escrever a obra.

Um dos motivos pelo lançamento da obra é, também, o centenário coritibano. “O torcedor do Coritiba é muito especial, ele ajuda, ele comparece”, elogiou Toby, após refletir sobre a importância da torcida e completa “eu agradeço a todos o apoio que tive”.

Projeto realizado em parceria com alunos da Faculdades Eseei.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Últimas Notícias

Mais comentadas