O técnico Tite, do Corinthians, foi pego de surpresa com a informação de que Brasil e Argentina jogarão dia 21 de novembro, em Buenos Aires, pelo Superclássico das Américas. “É uma informação nova para mim, tenho que sentar e pensar direito”, disse ele hoje, em entrevista coletiva.

Minutos depois, o treinador contou que pedirá que os corintianos Ralf, Paulinho, Fábio Santos e Cássio, convocados para a seleção brasileira, e Martinez, na seleção argentina, sejam dispensados da partida.

“A minha solicitação particular seria que todos os jogadores do Corinthians convocados para esse jogo sejam dispensados. Vou pedir isso”, disse.

“Não vou falar com o Mano, não é uma condição de técnico para técnico, mas de uma hierarquia superior. Porque atrapalha uma preparação para a equipe do Mundial. Eu sei da importância do Superclássico. Mas se depender do técnico, que não tivesse essa convocação dos atletas e deixar nossa preparação para o Mundial.”

A partida ocorrerá em uma quarta-feira, entre os jogos contra Internacional (18) e Santos (25), quando Tite planeja escalar força máxima como preparação para o Mundial.

“Claro que o Superclássico tem importância, mas eu vejo o Mundial não só para o Corinthians, mas para o futebol brasileiro e para CBF. É importante que o representante dela esteja bem preparado.”