Com um início de temporada ruim, os jogadores do Palmeiras vinham sendo muito criticados pela torcida. No entanto, depois de três vitórias consecutivas, contra Sertãozinho, Santos e Paysandu, a situação parece ter mudado. Para o confronto deste sábado, contra a Ponte Preta, pelo Campeonato Paulista, o time pede o apoio dos palmeirenses e espera que o Palestra Itália esteja lotado.

“Acho que esse é o momento ideal do torcedor comparecer e encher o Palestra Itália. A gente adora quando joga com a casa cheia, a expectativa e o clima do jogo ficam diferentes”, declarou o volante Pierre.

De acordo com o técnico Antônio Carlos, o Palmeiras precisa ser temido jogando em casa e não o oposto. “Se me perguntarem, vou querer jogar sempre no Palestra. Os adversários precisam saber que ali é a nossa casa. A torcida tem acompanhado a superação e a determinação do grupo e tenho certeza que eles vão comparecer em peso contra a Ponte Preta”, comentou.

A partida de sábado marcará a estreia de Ewerthon com a camisa do Palmeiras no Palestra Itália. O atacante não esconde a ansiedade pelo momento. “Estou tendo uma recepção maravilhosa da torcida desde a minha chegada. Quando fui contratado, deixei claro que escolhi o Palmeiras pela grandeza do clube. Espero que essa partida seja emocionante”, afirmou o jogador.