Carlitos Tevez disse nesta quarta-feira que é quase certo que deixará o Manchester United quando o seu contrato de empréstimo se encerrar no final da temporada e revelou que tem propostas de clubes da Espanha e de outros países.

O atacante argentino se queixou das poucas oportunidades que teve nesta temporada, quando perdeu a vaga de titular com a chegada do atacante búlgaro Dimitar Berbatov. “Eu como jogador não posso me permitir jogar uma sim e outra não, ainda mais agora que vem a Copa do Mundo”, disse Tevez em entrevista para a rádio Del Plata. “Eu vejo como muito minha permanência no Manchester, é a realidade”.

Questionado se está em seu último mês no time dirigido por Alex Ferguson, ele confirmou. “Eu creio que sim”. Tevez garantiu não ter tomado nenhuma decisão sobre o seu futuro, mas destacou ter várias opções, mesmo sem revelar o nome dos clubes interessados na sua contratação.

“Posso fazer três ou quatro gol e na outra partida não jogo. A cabeça complica um pouco”, completou. “Eu necessito jogar”. A imprensa britânica especula que o Real Madrid seria um possível destino de Tevez.

O argentino chegou ao Manchester do West Ham, sua primeira equipe no futebol europeu, depois de passagens por Corinthians e Boca Juniors. “Tenho muitas ofertas, não somente da Espanha”, disse.