Torcida e diretoria paranista dão sinais de que estão em sintonia quando o assunto é a formatação do elenco para 2013. A Paranautas fez uma enquete com os internautas – através do seu fórum e do Facebook – e o resultado foi praticamente uma síntese do direcionamento dado pelo Paraná Clube no que diz respeito às renovações e dispensas, neste período de transição.

Com aprovação de 98,26%, o técnico Toninho Cecílio foi o grande vencedor da pesquisa. O resultado, aliás, foi uma grande “virada”, considerando-se a rejeição apresentada no momento de sua contratação. Treze jogos em pouco mais de dois meses foram suficientes para Cecílio conquistar o respeito e a confiança dos tricolores. Em números, superou até o ídolo Lúcio Flávio. Com 96,08% de aceitação, o camisa 10 foi o melhor votado dentre os jogadores, seguido de perto pelas revelações Luisinho (94,08%) e Alex Alves (92,77%).

Somente esses profissionais obtiveram média superior a 90%. No total, onze atletas do grupo tiveram mais de 70% de aprovação, num indicativo de que a torcida gostou do que viu em 2012. Sob esse critério, a única perda, até o momento, é o apoiador Douglas Packer, que trocou o Paraná pelo Botafogo de Ribeirão Preto. Antes criticado pelos paranistas, o jogador conseguiu dar a volta por cima nesta temporada, cresceu com o técnico Ricardinho e fechou o ano em alta com os três gols que marcou na reta final da Série B. Por isso, chegou aos 88,89% de aprovação.

Outros jogadores que continuarão no Tricolor em 2013, como Thiago Rodrigues, Zé Luís (próximo da renovação), Angelo e Maicon, se mantiveram numa zona intermediária na votação (acima dos 50% de aprovação). Os números também mostram que o torcedor paranista – a partir dessa amostragem – não irá sentir falta daqueles atletas liberados ao término da temporada. Lisa, que foi para o Cianorte, e Amarildo, que acertou com o Araxá-MG, não conseguiram atingir a marca de 10% de aceitação.

A votação também confirma a preocupação do torcedor no que diz respeito ao ataque do time. Hugo e Wellington Silva, que não estarão no Paraná em 2013, apresentaram uma rejeição de 98,68%.