Luiz Carlos Cruz não é mais treinador do Fortaleza. Ele entregou o cargo ainda nos vestiários do estádio Anacleto Campanella, onde o time cearense perdeu ontem à tarde para o São Caetano, por 3 a 0. O futuro técnico deve ser anunciado amanhã e já deverá estrear contra o São Paulo, quarta-feira, às 21h40, no estádio Castelão, em Fortaleza. Estão cotados: Levir Culpi, Givanildo Oliveira, Fito Neves e Gilson Nunes.

Esta é terceira vez que o Fortaleza muda de treinador desde o início do campeonato. Começou com Luiz Carlos Cruz que orientou o time apenas na estréia, dia 30 de março (0x0 com Bahia), contratou Ferdinando Teixeira (ficou 11 jogos) e trouxe de volta Cruz que dirigiu o time por mais 14 partidas (7 derrotas, 3 empates e 4 vitórias). “O futebol é dinâmico e vamos contratar um grande treinador”, disse o presidente do Fortaleza, Jorge Mota.

Cruz disse apenas que, depois de uma semana “muito difícil”, na qual foi hostilizado por torcedores durante os treinos, estará “voltando para família”. Especula-se, no entanto, que ele estaria negociando com o Bahia.