Relação dos treze animais paranaenses que venceram em outros hipódromos, de acordo com pesquisa do colega Dalton Luís Mehl Andrusko.

Gávea

Rio Selvagem, por Clackson e Petit Ecurie (Robbama), de criação de Newton Birskis; Zapata Street, por Royal Street e Important (Minstrel Glory), de criação da Agro Pecuária Don Rodrigo; Padrinho Dodge, por Dodge e Dawn Avalon (Present The Colors), de criação do Haras Santa Maria de Araras; King Colony, por New Colony e Alicia?s Lady (Al Nasr), de criação de Diácomo Gamaliel Meneghel; Nomás, por Jules e Dratelle (Ghadeer), de criação do Haras Santa Maria de Araras; Forever Friends, por Roi Normand e Plim Plim, de criação do Haras Santarém; Ursilike, por Child Like e Isla Asutral (Verjal), de criação do Haras Monte Castelo; Marcapunto, por Bright Again e EcoArt (Ghadeer), de criação do Haras Santa Maria de Araras; Pietro, por Booming e Fast My (Clackson), de criação do Haras Iposeiras.

Cidade Jardim

Viradouro, por A Good Reason e Orquídea Vermelha (Lucence) de criação e propriedade do Haras Valente. New Idea, por Blush Rambler e New Idition (Rio Bravo), de criação do Haras São José da Serra; John Hills, por Parme e Abonanza (Ghadeer), de criação e propriedade do Haras Morro Vermelho.

Campos

Hanan Spark, por Spark Chief e Family Happy (Flaying Boy), de criação de Reinold H. Gullich.