Brasília – A briga pela liderança entre Ricardo Maurício e Marcos Gomes é a principal atração da 10.ª etapa da Stock Car, segunda dos playoffs decisivos da temporada. A prova está marcada para as 11h de amanhã, no Autódromo Nelson Piquet, em Brasília, e hoje acontece o treino que define o grid de largada.

Maurício e Gomes vêm se alternando na ponta da tabela desde a abertura do campeonato e dividem a ponta da tabela com 245 pontos. Pelo maior número de vitórias – Gomes ganhou as duas provas realizadas em Interlagos -, Maurício está à frente pelo critério de desempate. Levam confortável vantagem de treze pontos sobre Thiago Camilo, terceiro colocado na classificação geral.

“Meu carro está praticamente igual àquele de maio. Os outros também evoluíram, mas continuamos bem e não podemos fugir muito da receita de acerto que temos para o traçado. O anel externo de Brasília parece mesmo favorecer o Peugeot. Pode ser a chance que preciso para me afastar um pouco do Marquinhos na classificação. Na próxima pista, Tarumã, o Peugeot e o Astra têm rendimento similar. Já em Interlagos, onde o campeonato será encerrado, o Marquinhos vem se dando melhor e ganhou as últimas três provas. De qualquer forma, vou para Brasília com a meta de fazer o maior número de pontos possível e procurar ampliar a diferença sobre o Camilo”, avisou Maurício.

Gomes, que largou na frente nas superfinais, mas foi alcançado pelo parceiro em Curitiba, admite o favoritismo de Maurício. “O Peugeot tem uma aerodinâmica mais eficiente e pode usar menos asa com o mesmo mecânico. Por isso, acaba sendo mais rápido em quase todos os circuitos, especialmente nestes com longas retas como o de Brasília. Vou ter de equilibrar nas próximas pistas”, reconheceu Gomes, que fechou em segundo na corrida anterior na capital federal e completou a primeira das cinco dobradinhas da equipe de Andreas Mattheis no ano.

Treino

Allam Khodair, que disputa o playoff, foi o mais rápido da sexta-feira em Brasília. A melhor volta do dia, marcada no treino da tarde, foi de 1min00s254, com média de 174,4 km/h. O paranaense Ricardo Zonta foi o melhor da manhã, e ficou com o segundo tempo do dia.