O San Antonio Spurs segue perfeito nos playoffs da temporada 2011/2012 da NBA. Na noite de terça-feira, a equipe derrotou o Oklahoma City Thunder por 120 a 111, em casa, e abriu 2 a 0 na final da Conferência Oeste. Assim, precisa de apenas mais dois triunfos para se garantir na decisão da liga norte-americana de basquete. O francês Tony Parker fez 34 pontos e foi o principal destaque no triunfo, ajudado pelo argentino Manu Ginobili, que anotou 20.

Com a vitória, o Spurs bateu um recorde da NBA ao conseguir o seu 20º triunfo consecutivo entre a temporada regular e os playoffs, em que “varreu” outros dois adversários. A equipe chegou ao jogo de terça-feira dividindo a marca com o Los Angeles Lakers, que venceu 19 jogos seguidos na temporada 2000/2001 e só parou no primeiro jogo da final, contra o Philadelphia 76ers, mas mesmo assim acabou sendo campeão.

Na noite de terça-feira, o Spurs dominou completamente o duelo e teve desempenho ofensivo impressionante nos três primeiros quartos, quando anotou 92 pontos. Além dos 34 pontos, Parker deu oito das 27 assistências do Spurs, que acertou 11 de 26 arremessos de três pontos na partida e teve precisão de 65,7% nos tiros livres.

O Spurs não manteve o mesmo ritmo forte no terceiro período, quando converteu apenas 10 de 23 dos arremessos de quadra, mas mesmo assim encerrou o duelo com uma precisão de 55,1%. “Às vezes as coisas saem exatamente como planejado”, disse o técnico Gregg Popovich, sobre o desempenho ofensivo da sua equipe. “Em outras ocorre um milagre, essa é a verdade. Nem tudo sempre sai como planejado, mas os bons jogadores normalmente conseguem”.

Sem conseguir parar o Spurs, o Thunder chegou a apelar para as faltas, cometendo quatro seguidas em Tiago Splitter, que não costuma ter bom desempenho nos lances livres. A estratégia, porém, não evitou a derrota. O brasileiro converteu seis de 12 tiros livres e terminou o duelo com oito pontos e três assistências nos 11 minutos em que permaneceu em quadra. Kawhi Leonard somou 18 pontos e 10 rebotes, enquanto Tim Duncan terminou o duelo com 12 rebotes e 11 pontos para o Spurs.

O Thunder chegou a esboçar uma reação no final da partida ao diminuir a vantagem da equipe do Texas para seis pontos, mas Parker, Ginóbili e Duncan retomaram o controle do duelo para garantir o segundo triunfo na final da Conferência Oeste da NBA.

Kevin Durant marcou 31 pontos e James Harden se recuperou da má atuação no primeiro jogo ao anotar 30 pontos para o Thunder, que não perdia duas partidas consecutivas desde o início de abril. Já Russel Westbrok marcou 27 pontos. “Os nossos jogadores se esforçaram muito”, disse Scott Brooks, técnico do Thunder. “Infelizmente, saímos de mãos vazias nos últimos dias”.

A terceira partida da decisão da Conferência Oeste da NBA será disputada na quinta-feira, em Oklahoma, quando o Thunder vai buscar a reabilitação. Nesta quarta, o Miami Heat, que venceu o primeiro jogo, recebe o Boston Celtics na Flórida no segundo jogo da final da Conferência Leste.