Com uma atuação espetacular no último quarto e embalado por uma impressionante sequências de vitórias, o San Anotnio Spurs abriu 1 a 0 na final da Conferência Oeste da NBA, na noite de domingo, ao derrotar, em casa, o Oklahoma City Thunder por 101 a 98. As equipes voltam a se enfrentar na terça-feira, novamente em San Antonio.

Sem perder desde o dia 11 de abril, o Spurs conquistou a sua 19ª vitória consecutiva na temporada 2011/2012 da NBA, incluindo duas “varridas” sobre Utah Jazz e Los Angeles Clippers nos playoffs. Uma equipe não conseguia vencer tantos jogos consecutivos entre a temporada regular e os playoffs desde o Los Angeles Lakers em 2001.

No domingo, o Spurs terminou o primeiro quarto com uma vantagem de seis pontos (24 a 18), mas viu o Thunder reagir nos dois períodos seguintes. Assim, terminou o terceiro quarto com uma vantagem de nove pontos – 71 a 62. Porém, em casa, o San Antonio dominou completamente o último período, quando anotou 39 pontos contra apenas 27 do adversário, e garantiu a sua vitória na abertura da decisão da Conferência Oeste da NBA.

O argentino Manu Ginobili foi o principal responsável pela reação do Spurs ao anotar 26 pontos na partida, sendo 11 no último quarto. Tony Parker marcou 8 pontos e obteve oito rebotes, enquanto Tim Duncan somou 16 pontos e 11 rebotes. O brasileiro Tiago Splitter atuou por 12 minutos, com nove pontos, seis rebotes e três assistências.

Kevin Durant liderou o Thunder e foi o cestinha da partida com 27 pontos, além de ter obtido 10 rebotes. James Harden marcou 19 pontos, Russel Westbrook fez 17 e Derek Fisher anotou 13 para o time de Oklahoma.

Os playoffs da NBA prosseguem nesta segunda-feira com o início da final da Conferência Leste entre Miami Heat e Boston Celtics, em partida que será disputada na Flórida.