Grande surpresa até o momento, o Sport segue na liderança isolada do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, debaixo de chuva no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, o time pernambucano liquidou com o Internacional com três gols no primeiro tempo e venceu com tranquilidade e autoridade, por 3 a 0, a partida válida pela 10.ª rodada da competição.

Com 22 pontos, o Sport está sozinho na primeira colocação. O time é o único invicto do Brasileirão com seis vitórias e quatro empates. E tem um dos melhores ataques com 18 gols marcados. No final de semana, pela 11.ª rodada, viaja até Florianópolis para encarar o Avaí, no domingo, às 11 horas.

Já o Internacional segue em sua gangorra no Brasileirão. Depois de vencer o Santos em casa, a derrota no Recife o deixa com 13 pontos, em posição intermediária na tabela de classificação. Não consegue emplacar e em duas semanas voltará as atenções para a semifinal da Copa Libertadores contra o Tigres, do México. No domingo, às 18h30, recebe o Atlético Mineiro, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Em campo, o clube gaúcho até começou bem, criou uma boa chance com Rafael Moura no primeiro minuto, mas ficou nisso. O Sport tomou conta do jogo e fez seus três gols na primeira etapa. Aos 9 minutos, após saída de bola errada do Internacional, Régis foi derrubado dentro da área e o pênalti foi convertido por André. Aos 30, Marlone pegou um rebote na meia-lua e chutou forte e rasteiro no canto esquerdo de Muriel para fazer o segundo. E, aos 35, André marcou mais um.

No segundo tempo, o Internacional ameaçou uma reação com dois bons lances, de Rafael Moura e Nilmar, em que o goleiro Danilo Fernandes fez grandes defesas. O Sport tratou de cadenciar o jogo, criou boas chances para marcar mais gols, mas se contentou muito com mais uma vitória no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

SPORT 3 x 0 INTERNACIONAL

SPORT – Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha e Régis (Samuel); Maikon Leite (Neto Moura), André e Marlone (Danilo). Técnico: Eduardo Baptista.

INTERNACIONAL – Muriel; Léo, Nilton, Alan Costa e Geferson; Nico Freitas, Wellington (Rodrigo Dourado), Valdívia (Vitinho) e Jorge Henrique; Nilmar (Alisson Farias) e Rafael Moura. Técnico: Diego Aguirre.

GOLS – André, aos 9 (pênalti) e aos 35, e Marlone, aos 30 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Régis e André (Sport); Alan Costa e Geferson (Internacional).

CARTÃO VERMELHO – Léo (Internacional).

ÁRBITRO – Péricles Bassols Cortez (Fifa/RJ).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio da Ilha do Retiro, no Recife (PE).