A seleção brasileira masculina de futebol conseguiu um feito histórico nesta sexta-feira. Conseguiu não sair de um empate sem gols com a frágil seleção de Cuba em sua segunda partida nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México. Com o segundo empate, a equipe do técnico Ney Franco coloca em risco a sua classificação à semifinal. Treinador da seleção principal, Mano Menezes assistiu o jogo das tribunas do Estádio Omnilife

Com apenas dois pontos, o Brasil está na terceira colocação do Grupo B, atrás da Argentina, que tem quatro, e da Costa Rica, que tem três. Para avançar à semifinal, precisa obrigatoriamente vencer os costa-riquenhos no domingo. Ainda assim, tende a avançar de fase na segunda colocação e enfrentar os mexicanos, favoritos ao ouro, na semifinal.

Nesta sexta-feira, o time de Ney Franco pagou caro pelo excesso de gols perdidos. As chances foram várias, também com diversos jogadores: Misael, Henrique, Felipe Amorim, Leandro. O maior erro, porém, foi do artilheiro do último Mundial Sub-20. Aos 19 minutos do primeiro tempo, Henrique recebeu ótimo passe de Felipe Amorim, com o gol aberto. Quis dominar a bola, ao invés de chutar direto, e acabou sendo desarmado.