Bruno Soares e Alexander Peya venceram mais uma nesta quinta-feira e avançaram às semifinais do Torneio de Munique, na Alemanha. Brasileiro e austríaco atropelaram os experientes Leander Paes, da Índia, e Radek Stepanek, da República Checa, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1.

Em busca da final, eles aguardam a definição do próximo rival na chave de duplas. Seus adversários vão sair do confronto entre Andy Murray/Jean-Julien Rojer e Rameez Junaid/Adil Shamasdin. Eles se enfrentam ainda nesta quinta.

Para chegarem à primeira decisão do ano, Soares e Peya precisam vencer a terceira partida seguida, o que só aconteceu uma vez nesta temporada até agora, em Miami. Naquele Masters 1000 disputado em março, a dupla, que vem irregular neste ano, foi eliminada nas semifinais.

Possível rival da dupla, Andy Murray fez sua estreia na chave de simples nesta quinta. O principal favorito ao título, que já havia estreado nas duplas, derrotou o alemão Mischa Zverev com facilidade, por duplo 6/2. Nas oitavas de final, ele vai enfrentar o checo Lukas Rosol, que eliminou o ucraniano Sergiy Stakhovsky por 7/5 e 6/2.

Também nesta quinta o espanhol Pablo Andújar, algoz do brasileiro João Souza, mais conhecido por Feijão, desistiu da torneio. Ele abandonou a partida contra o austríaco Gerald Melzer quando perdia o set inicial por 4 a 1.

Com a desistência, o irmão de Jürgen Melzer alcançou as quartas de final em Munique ainda sem vencer uma partida sequer na chave principal. Ele entrou na competição pelo qualifying e ocupou a vaga do machucado Gael Monfils. Como o francês era “bye” na primeira rodada, Melzer começou direto na segunda. E agora vai às quartas em razão do abandono de Andújar.