Robert Scheidt e Bruno Prada recuperaram nesta terça-feira (12) a liderança da Seletiva Brasil de Vela, disputada no Rio de Janeiro e que garante vaga na Olimpíada de Pequim.

A dupla venceu as duas regatas do dia e voltou ao topo da classificação da classe Star, com 15 pontos perdidos. Lars Grael e Marcelo Jordão caíram novamente para o segundo lugar, com 18.

O bom desempenho de Scheidt e Prada, campeões mundiais da classe foi uma resposta à ameaça de perder a vaga olímpica. A dupla foi mal nas regatas de segunda-feira e acabou ultrapassada por Grael e Jordão. Até esta terça-feira foram disputadas oito regatas. Pelo menos 12 são necessárias para a definição dos representantes brasileiros em Pequim.