A estreia de Maria Sharapova em Roland Garros foi um massacre. Número 2 do mundo, a musa russa derrotou nesta terça-feira a romena Alexandra Cadantu por 2 sets a 0, com um duplo 6/0, o que é conhecido no tênis como “bicicleta” – são dois “pneus” de 6/0. Assim, ela passou para a segunda rodada do torneio do Grand Slam que acontece em Paris, na França.

Fazendo uma ótima temporada, na qual pressiona a bielo-russa Victoria Azarenka pela liderança do ranking, Sharapova mostrou sua força diante de Cadantu, tenista que aparece apenas como a número 78 do mundo. Com eficiência de 83% dos pontos em seu primeiro serviço, a russa ainda conseguiu 18 bolas vencedoras (winners) durante o jogo, contra nenhuma da romena.

Depois da estreia incrivelmente tranquila, em que precisou de apenas 48 minutos para derrotar Cadantu, Sharapova já sabe quem será a sua próxima adversária. Na segunda rodada do torneio, ela irá enfrentar a japonesa Ayumi Morita, que também se classificou nesta terça-feira, ao ganhar da eslovena Polona Hercog por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/3.

Enquanto Sharapova mostra que está em boa forma para conquistar o único título do Grand Slam que ainda lhe falta – já ganhou Aberto da Austrália, Wimbledon e US Open -, uma campeã de Roland Garros também ganhou nesta terça-feira. A italiana Francesca Schiavone, que ganhou o torneio em 2010 e foi vice no ano passado, confirmou seu favoritismo na estreia desta edição.

Número 12 do mundo, Schiavone derrotou a japonesa Kimiko Date-Krumm por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1. Agora, após a boa estreia, ela espera a definição de sua adversária na segunda rodada do torneio, que sairá do jogo entre a belga Yanina Wickmayer e a búlgara Tsvetana Pironkova, previsto para acontecer ainda nesta terça-feira em Paris.

Outra favorita que venceu nesta terça-feira na chave feminina do torneio foi a checa Petra Kvitova. Número 4 do mundo, ela arrasou a australiana Ashleigh Barty com uma vitória por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2. Sua próxima adversária ainda não está definida: sairá do confronto entre a francesa Pauline Parmentier e a polonesa Urszula Radwanska.