Descontando o jogo de estreia, quando não tinha o que fazer, foi o primeiro jogo em que Sérgio Soares falhou no comando do Paraná. E falhou desde a escalação, quando escolheu Aderaldo para ser o zagueiro pela esquerda.

Saindo para a “caça’, ele afundou o sistema defensivo tricolor até ser expulso e degringolar a situação de vez. Dedimar, além de estar fora de forma, também virou capitão e cobrador de faltas por sinal, errando todas.

A mexida na zaga complicou todo o time. No meio, Adoniran fez falta, assim como Murilo na direita. Davi se machucou e Sérgio Soares falhou ao colocar Bebeto, que ainda não justificou sua contratação.

A entrada de Igor também foi surpreendente, pois foi a primeira vez que ele compôs o grupo e logo entrou para resolver. Ficou evidente que o Paraná tem um bom time, desde que ele seja mantido, o que não aconteceu ontem.