Mesmo passando por alguns altos e baixos durante a partida, Serena Williams mostrou toda a sua força de número 1 do mundo para avançar à final do Torneio de Cincinnati, nos Estados Unidos. Neste sábado, trabalhando bem o seu saque em momentos decisivos, derrotou a ucraniana Elina Svitolina por 2 sets a 0 – com parciais de 6/4 e 6/3, em 1 hora e 30 minutos de duração.

Contra a atual 20.ª colocada do ranking mundial, Serena Williams conseguiu nove aces, sendo alguns em situações difíceis na partida. No entanto, a norte-americana cometeu oito duplas faltas, o que ocasionou a quebra de saque em duas oportunidades – uma em cada set. Por sorte e competência, foi superior à ucraniana e venceu o duelo.

Com a vitória deste sábado, Serena Williams chegou ao 46.º triunfo em 48 jogos em 2015. Em Cincinnati, busca o quinto troféu da temporada e o 69.º da carreira. A partir do próximo dia 31, em Nova York, tentará completar o Grand Slam com a conquista do US Open, que se somaria ao Aberto da Austrália, a Roland Garros e a Wimbledon.

Na decisão, a norte-americana terá pela frente a romena Simona Halep, número 3 do mundo, que neste sábado derrotou a sérvia Jelena Jankovic por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2. Serena Williams tem ampla vantagem no confronto direito. São cinco vitórias contra apenas uma derrota.