Principal favorita ao título e atual líder do ranking mundial, Serena Williams acabou desistindo de disputar a partida que travaria nesta sexta-feira com Samantha Stosur nas quartas de final do Torneio de Pequim. A tenista norte-americana sentiu uma lesão no joelho esquerdo e, sem condições de atuar, foi superada por W.O. pela australiana.

Ao anunciar a sua desistência na China, Serena revelou que já havia entrado em quadra com dores para atuar diante de Lucie Safarova, na última quinta-feira, quando precisou de três sets para bater a checa nas oitavas de final. “Comecei a sentir dor nesta semana. Não me senti muito bem na noite e quase não entrei em quadra. Decidi jogar de última hora e acho que isso piorou a situação, para ser honesta”, afirmou.

Por causa do problema, Serena será submetida a exames para saber qual é a real gravidade da lesão, que passou a colocar em dúvida a sua condição para a disputa do Masters da WTA, torneio que reunirá as oito melhores tenistas da temporada, a partir do próximo dia 20, em Cingapura.

Com a desistência de Serena, Stosur chegará descansada às semifinais deste sábado, quando terá pela frente a checa Petra Kvitova, terceira cabeça de chave, que nesta sexta-feira derrotou a italiana Roberta Vinci por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/4.

Já a outra semifinal em Pequim irá reunir Maria Sharapova e a sérvia Ana Ivanovic. A tenista russa assegurou lugar na disputa por uma vaga na decisão ao superar a sua compatriota Svetlana Kuznetsova por 2 sets a 0, com 6/0 e 6/4, nesta sexta. Já Ivanovic sequer precisou entrar em quadra neste dia de duelos, pois já havia avançado às semifinais por antecipação na última quinta, quando a romena Simona Halep anunciou sua desistência do torneio, também por motivo de lesão, logo após sofrer para derrotar a alemã Andrea Petkovic por 2 sets a 1 nas oitavas de final.