O técnico Valdir Espinosa não chegou a um acordo com a diretoria do Vasco e não permanecerá no clube para a temporada de 2008. O treinador foi contratado em 25 de outubro e assumiu um time seriamente ameaçado de rebaixamento. Três dias depois estreou com empate por 2 a 2 com o Palmeiras.

Em seis jogos, conseguiu três vitórias e dois empates e classificou o clube à Copa Sul-Americana. Ele agradeceu a oportunidade oferecida pelo clube e disse que mantém o respeito que sempre teve pela instituição.

Segundo ele, o grupo sempre teve talento e ele só ajudou os jogadores a recuperarem a calma e a confiança para que pudessem voltar a vencer as partidas.

O presidente do clube, Eurico Miranda, deve anunciar até amanhã o nome do substituto de Espinosa. Dorival Júnior, que deixou o Cruzeiro, é um dos cotados. Ney Franco, do Atlético-PR, também agrada ao dirigente.