A Confederação Brasileira de Basquete contratou o técnico espanhol Juan Manuel Monsalve Fernandes, também conhecido como Moncho, para assumir o comando da seleção masculina de basquete.

O presidente da confederação, Gerasime Bozikis, anunciou Moncho Monsalve como um técnico qualificado, com conhecimento internacional e apreciador do jogo solidário e do conceito de equipe. Segundo o presidente, Moncho conhece bem o estilo brasileiro e os jogadores do País.

Moncho, de 63 anos, foi contratado para classificar a seleção brasileira para os Jogos Olímpicos de Pequim. Foi anunciado como membro do Gabinete Técnico da Federação Espanhola, atual campeã mundial no masculino.

Trabalha como treinador desde 1972 e trabalhou como técnico de Oscar Schmidt em 1978, no Castilla Valladolid.

Em entrevista publicada no site da entidade na internet, Moncho disse que "apesar de o Pré-Olímpico Mundial de Atenas ter equipes importantes", é possível classificar o Brasil para a Olimpíada. Disse que será necessário "respeito, generosidade e confiança, além do talento do time".

Moncho garantiu que o Brasil continuará jogando com seu estilo próprio, mas que é possível melhorar conceitos. "Minha idéia é implantar defesa/rebote/contra-ataque e jogo de transição. O rebote ofensivo e equilíbrio defensivo devem ser bem organizados. Como todos sabem, o arremesso de três pontos e a regra de 24 segundos de posse de bola mudaram o jogo.