Brasil enfrenta hoje a seleção dos Estados Unidos, em seu segundo jogo pela Copa das Confederações, na África do Sul. Devido ao sufoco passado no último jogo, contra o Egito, Dunga resolveu promover algumas alterações na escalação. Maicon retorna a lateral-direita, enquanto o lateral-esquerdo do Corinthians, André Santos, assume a amarelinha no lugar de Kléber.

No setor defensivo Juan abre lugar para o jovem zagueiro do São Paulo, o paranaense Miranda. Juan vinha se queixando de cansaço, já que vem do fim de uma desgastante temporada em sua equipe, a Roma. Por fim, uma alteração no meio-campo eleva mais uma revelação brasileira. O ex-Cruzeiro, Ramirez, entra no lugar de Elano.

Logo aos seis minutos do primeiro tempo, a seleção já abriu o placar. Ramirez vinha fazendo boa jogada pela ala direita, mas sofreu falta de Jay Demerit. Na cobrança, Maicon cobrou de forma perfeita na área. Felipe Melo veio de trás e cabeceou para marcar um belo gol.

Aos 19 minutos foi a vez de Robinho marcar o seu. O lance começou em uma boa jogada de Ramirez, que puxou um rápido contra-ataque e tocou para Robinho livre ampliar o placar.

Aos 16 minutos do segundo tempo, uma bela triangulação entre Ramirez, Kaká e maicon resultou no gol do lateral. Ele mandou um foguete na cara do gol, um tanto sem ângulo, sem chances para o goleiro Tim Howard.