A seleção brasileira foi recebida de forma calorosa e com festa por cerca de 600 pessoas que esperavam os jogadores no Brasília Palace Hotel, no final da noite deste sábado. O ônibus que trazia a delegação do time nacional, que nesta segunda-feira enfrenta Camarões, às 17 horas, no Mané Garrincha, pela rodada final do Grupo A da Copa do Mundo, estacionou no local às 23h15 e este grande número de torcedores foi confirmado pela Polícia Militar.

Entre os torcedores, uma das mais empolgadas era a adolescente Alanna Pontes, de 12 anos de idade. Junto com a mãe, ela segurava uma faixa com os dizeres: “Somos apaixonadas pela seleção/Somos apaixonadas por você, David Luiz”. Emocionada com a chance de ver o ídolo de perto, ela não escondeu a ansiedade antes da chegada do jogador. “O David é maravilhoso, espero que consiga ver ele aqui hoje (sábado) e que a seleção seja campeã”, disse.

Já Ayala Torres, de 35 anos, mora ao lado do hotel onde os jogadores ficarão hospedados e fez questão de levar a filha Mariana Moreira, de 7, para recepcionar a delegação. “Essa é a primeira Copa que ela acompanha comigo, é uma emoção muito grande estar aqui hoje (sábado) e ver todos eles de perto”, contou ele. Empolgada, Mariana queria saber de dois jogadores em especial. “Espero ver o Neymar e David Luiz, eles são os melhores do mundo”, afirmou.

A PM montou um forte esquema de segurança para garantir a tranquilidade dos jogadores no hotel. Quarenta homens isolaram a entrada do local, para a decepção de quem esperava por um contato mais próximo com os ídolos. Escoltados por um grupo de batedores, o ônibus passou rapidamente pela torcida e logo se dirigiu para uma área reservada do hotel. Mesmo assim, centenas de pessoas se amontoaram nas grades para gritar os nomes de David Luiz, Hulk e Neymar, principalmente.

Laís Castro, de 26 anos, saiu de Goiânia para ver a chegada da seleção. Junto com duas amigas, a estudante pegou o carro para ter a chance de estar mais perto de David Luiz. “Sou muito fã do David Luiz, ele apareceu na janela e deu um tchau, isso foi muito emocionante e valeu a pena todo o sacrifício que fiz. Cheguei aqui três horas antes deles e agora volto para casa feliz”, comemorou.

O Brasil fará o reconhecimento do gramado do Estádio Mané Garrincha neste domingo, às 18h30. A atividade deverá ser aberta por 15 minutos para os jornalistas. Em seguida, o técnico Felipão e mais um jogador a ser definido darão entrevista coletiva no local. Todos os 68 mil ingressos colocados à venda para o duelo diante de Camarões estão esgotados.