O meio-campo holandês do Milan, Seedorf, declarou hoje que não vê seu posto na equipe ameaçado pela chegada de Ronaldinho Gaúcho. Ao contrário, o jogador elogiou o brasileiro e demonstrou entusiasmo com o reforço milanista.

“Sempre disse que gostaria de jogar ao lado de um jogador como Ronaldinho”, comentou Seedorf.

“Quando ele estava no Barcelona e nos enfrentamos, nós trocamos nossas camisas e eu lhe disse que esperava sua chegada [ao Milan]. Estou muito contente que ele tenha vindo”.

A respeito da disposição no meio-campo milanista, o holandês não vê problemas. “Não acredito que seja difícil que joguem juntos jogadores como Seedorf, Ronaldinho e Kaká”.

O holandês relembrou a equipe de Rivaldo para demonstrar ser possível um esquema que não o deixe de fora do time. “Pelo que me lembro, na temporada 2002/2003, Rivaldo, Rui Costa, Inzaghi, Scheva e Pirlo jogaram juntos”. De fato, naquele período, o Milan venceu a Champions League, a Copa da Itália e a Supercopa Européia.

Em entrevista, o meio-campo também comentou a situação de Kaká. “Há um pouco de preocupação. Acredito que é justo que Kaká tenha um tempo para poder voltar 100%. Ele é jovem e não pode arriscar sua carreira”.