A reunião de ontem foi muito prejudicada porque as imagens das corridas, por problemas técnicos, devido ao violento temporal, em São Paulo, não foram passadas para as agências de São Paulo e Rio de Janeiro. Mesmo assim, o movimento geral de apostas foi de R$ 179 mil.

O Clássico Alô Ticoulat Guimarães, segunda prova da Tríplice Coroa, foi vencido de maneira sensacional por Scoz. Tant-Eyes, depois de breve luta firmou-se na ponta na reta oposta e seguiu até os últimos metros, dando a impressão que seria a vencedora, mas no final recebeu forte ataque de Scoz, que dominou a corrida nos metros finais, com Imperial Bird, sem correr o esperado, na terceira colocação.

Scoz, uma filha de Khayasin e Rosa Flor, de criação e propriedade do Haras Garcez Castellano, foi apresentada em boa forma por Luiz Roberto Feltran, com Nelito Cunha fazendo valer sua grande categoria.

Provas complementares

Lirio dos Pampas venceu a corrida de abertura em chegada sensacional. Depois de dura luta Barthez dominou a favorita, Obsessão, mas atropelando por fora Lirio dos Campos livrou diferença mínima, com Sheik Prospector a seguir. O vencedor, dirigido por Zeferino Moura Rosa, e preparado por Julio César, defendeu a farda da Agropecuária Ricci,

Taquara Verde foi a surpresa da segunda prova na qual não correu Belezura American. Nasa Glory chegou a dar impressão de vitória, mas nos últimos metros Taquara verde livrou pequena vantagem. A vencedora, do Stud Beleza, foi apresentada por Alcione Menegolo e dirigida por Gilmar Brito.

Ultrasonido venceu a terceira prova, defendendo as cores do Stud Mandrake sob os cuidados de Ivo Oliveira. Correu na ponta, sendo ameaçado por Joly Dodge, mas quando exigido livrou maior vantagem.

Conselheiro Mor confirmou seu favoritismo na quarta prova. Narcissus correu na ponta, mas esmoreceu na reta. Conselheiro Mor dominou a corrida e seguiu até o disco de chegada defendendo-se do ataque de By Ridge, com Tabeliã na posição imediata. Conselheiro Mor, do Stud Greco, foi apresentado por Carlos Pereira Gusso e dirigido por L. Chimenes.

Lady Aclamada venceu de ponta a ponta o quinto páreo, sem ser ameaçada por Vicky di bob, que formou a dupla seguida de perto por Spring Love. O favorito Rivarolo fracassou. Lady Aclamada, de criação e propriedade do Haras dos Girassóis, foi apresentada por Gladston Figueiredo Santos e dirigida por Edgar Araújo.

Diller foi a vencedora da sexta prova defendendo a farda de João Arruda e José Garoti. O favorito Sonny Corleone não largou bem, enquanto Uniboy di Job correu na ponta, mas no final prevaleceu Diller com muita autoridade, com Olho Grego na formação da dupla.

Itabira venceu o sétimo páreo em chegada sensacional. Scooby chegou a dar impressão de vitória, mas nos últimos metros, tocado com energia por Altair Domingos, Itabira livrou pequena vantagem. Itabira é de propriedade do treinador Benjamin Gomes Ferreira.

Ribocop, do Haras Áustria, dirigido por R. Coral conseguiu boa vitória na penúltima prova, depois de dura luta com Malydar na reta de chegada. Tarantina Sei chegou na posição imediata. Altair Chioratto apresentou-o em grande forma.

O?Cloock, bem dirigido pelo aprendiz A. Pinheiro obteve sensacional vitória na prova de encerramento, ganhando por menos de um corpo de Blessed John, com Scotland Again perto dos dois primeiros. O pensionista de Antenor Menegolo Neto defendeu a farda de Margarete Aparecida Menegolo.

Corridas de hoje em SP com três animais daqui

A reunião desta tarde, em Cidade Jardim, sem provas do calendário clássico, apresenta-se com cinco animais que serão apresentados por treinadores radicados no Tarumã.

Queen Joliette, de criação e propriedade do Haras Anderson, atuará na primeira prova, sob os cuidados de Antenor Menegolo Neto, sendo indicada pela revista Turf Brasil, como favorita. Vem de quarto para Broadway Joe, mas na corrida anterior chegou segundo para Quimiotaxia, perdendo por dois corpos; Pé de Anjo, de criação e propriedade do Haras Belmont, treinado por Fernando Azevedo, que não chegou a correr no Tarumã, atuará no terceiro páreo, como favorito se a prova passar para areia e como terceira força caso o páreo seja confirmado para pista de grama.

The Of Nine atuará no oitavo páreo sendo indicado como terceira força, na grama, e segunda se o páreo for corrido na areia. O defensor do Haras dos Girassóis, que está sob os cuidados de Gladston Figueiredo Santos, depois de ganhar de Obsceno, no Tarumã, chegou quarto as duas vezes que atuou em São Paulo.

Açúcar Cristal, depois de estrear com uma sexta colocação no Tarumã, foi levada para correr na grama de Cidade Jardim. A defensora do Haras dos Girassóis atuará sob os cuidados de Gladston Figueiredo Santos, sem figurar entre as favoritas do nono páreo.

Completa a relação de animais do Tarumã, que correrão esta tarde, em São Paulo, My Case, do Stud Kalimanes, que será apresentado por Alcione Menegolo, na prova de encerramento, sem figurar entre os favoritos. Sua última apresentação foi no dia 5 de novembro de 2006.

As corridas de hoje, em São Paulo, serão iniciadas à 14h30, com transmissão para as agências do Paraná e Santa Catarina, que estarão recebendo apostas.

Vitórias de animais paranaenses

Na semana passada, de acordo com pesquisa de Dalton Luiz Mehl Andrusko, quinze animais paranaenses, sendo a maioria em São Paulo.

Cidade Jardim – Cash Register, por Blush Rambler e Peaccok Blue (Ghadeer), de criação do Haras Santarém (Páreo Especial Dia Mundial das Mulheres – Novo Jockey); Persian Flower, por Torrential e Maasai Mara (Aksar), de criação do Haras Cifra (Páreo Especial Ministro do Estado de Esporte); Lê Bravo, por Punk e Hialre (Valsuer), de criação de Diácomo Gamaliel Meneghel (Páreo Especial Dorina Nowill; Bico Blanco, por Astor e Place (e Andréa Lark (Tumble Lark), de criação do Haras Xará; Chic To Chic, por Mensageiro Alado, por Isinelky (Combe), de criação do Haras Mignon e propriedade da Top Training Stuc. Treinador G. Voigado; Bastão de Ouro, por Blade Prospector e Paramount Star (Braseante), de criação do Haras Xará; e Lastro de Corunilha, por First American e Mais El Rim (Hostage), de ciração do Haras Coronulha.

Gávea – Pampavito, por Doge e Carlyle?s Girl (Present The Collors), de criação do Haras Santa Maria de Araras; Quenian Killer, por Dodge e Devils Tail (DEvil?s Bag), de criação do Haras Anderson; Firts Birth, por Stormy e Atlantic Hello, de criação e propriedade do Haras Anderson; Pretty Cat, por Sir Cart e Heavenly Band (Dixieland), de criação e propriedade do Haras Anderson: e Red di Angus, por Much Better e Juma di Taiçara (Minstrel Glory), de criação do Haras Curitibano.

Cristal – Princesa Fighter, por Impression e Speak Fighter (Irish Fighter), de criação de Júlio Moletta; Tropical Mountain, por Yagli e Tropical Land (Baligh), de criação do Haras São José das Setrra (Clássico Claudio Luiz Sperb).

São Vicente – Welt Sieger, por Bonapartiste e Lez Annie, de criaçãodo Haras Truc.

Vinte potros na segunda prova da coroa da Gávea

O turfe carioca vive esta tarde uma jornada sensacional, figurando como destaque o Grande Prêmio Francisco Eduardo de Paula Machado, segunda prova da Tríplice Coroa, com a participação de vinte produtos de 3 anos de idade hípica, na distância de 2.000 metros, em pista de grama.

Ônibus Espacial venceu a primeira prova podendo esta tarde dar o segundo passo para a Tríplice Coroa Carioca. O crioulo do Haras Ponta Porã venceu de maneira categórica, mas a revista Turf Brasil indica o defensor do Stud Palura, como segunda força. O paranaense Alcazar, um filho de Thignon Lafré, de criação e propriedade do Haras Dar-El Salam, que chegou sexto na primeira prova defenderá o voto da revista, figurando como forças imediatas Quatro Mares e Only Solution.

Uma corrida, portanto, que promete desfecho sensacional, pois numa prova com vinte potros de três anos, muitos com possibilidade de brigarem pelas primeiras posições, sendo arriscado qualquer prognóstico, pois é uma corrida que promete percurso movimentado e qualquer contratempo pode influir decisivamente para a derrota de qualquer um dos competidores.

Uma prova, portanto, que promete sensação que poderá ser assistida pela TV Jockey, Canal 82 da Net, às 17h5 horas.

Apresentamos a seguir o campo oficial da importante prova de hoje, no Hipódromo da Gávea:

Grande Prêmio Francisco Eduardo de Paula Machado (Grupo 1) – 1.000 metros -Grama – R$ 30 mil – Às 17h05

1 – Professor Chico – M. Aurélio     1-56

2 – Silverado – G. Guimarães      2-56

3 – Ligeti – M. Cardoso     3-56

4 – Fatal Polino     4-56

5 – Ivoire – I. Correa     5-56

6 – Ônibus Espacial – A. Mota     6-56

7 – Only Solution – R. Salgado     7-56

8 – Que Colosso – C. G. Neto     8-56

9 – Cerro Porteño – M. Almeita     9-56

10 – Kifantástico – Jean Pierre    10-56

11– Leroidesrois – E. Costa    11-56

12 – Alcazar – C. Lavor    12-56

13 – Overboard – T. J. Pereira    13-56

 ?-Opinion – E. G. Reis     ?-56

14 – Quilboquet – F. Chaves    14-56

15 – Quatro Mares – J. Leme     ?-56

16 – For Pleasure – E. Ferreira    16-56

17 – Realejo – M. Mazini    17-56

18 – Uky di Josefine – R. A. Marquez    18-56

19 – Dear-Est – A. C. Silva    19-56

20 – Xamego Show – E. Reis    20-56