O São Paulo não foi campeão da Copa São Paulo, em janeiro. Caiu frente ao Flamengo, que depois ficou com o título. Mas os garotos formados em Cotia ocupam espaço cada vez maior no elenco profissional, seis meses depois da competição. Nesta terça-feira, o oitavo jogador daquela equipe foi promovido aos profissionais.

O novato é o meio-campista João Felipe, de 18 anos, que será observado por Paulo César Carpegiani após ser um dos destaques do time são-paulino nas primeiras rodadas do Campeonato Paulista Sub-20.

“O Lima (coordenador-técnico da base) me ligou avisando e fiquei muito feliz. É uma oportunidade que estava esperando há muito tempo. Enfim ela apareceu e agora vou aproveitar da melhor maneira possível”, disse João Felipe, que deve aproveitar o espaço aberto no elenco com a ida de Lucas para a Copa América.

Antes dele, subiram Rodrigo Caio, Henrique Miranda, Luiz Eduardo, Léo, Lucas Mendes e, mais recentemente, Dener e Bruno. Os três primeiros têm sido relacionados para quase todas as partidas, com o zagueiro tendo sido titular em três jogos do Brasileirão. Apenas Lucas e Léo retornaram para o sub-20 para disputa do estadual da categoria.

Do time que foi titular na eliminação da Copa São Paulo, ainda não foram aproveitados o zagueiro Marcelo e os atacantes Paulo Henrique, Hugo e Alfredo.

TREINO – O elenco do São Paulo se reapresentou nesta terça-feira, após dois dias de folga. Na primeira parte da atividade, os jogadores alternaram trabalhos no campo e no Reffis. Em seguida, no campo onde os goleiros treinam, formaram três times e disputaram um mini-campeonato.

Miranda, Fernandinho e Rhodolfo, que se recuperam de lesão, seguem fazendo tratamento com o departamento médico. Eles serão reavaliados para saberem se terão condições de pegar o Ceará, no domingo, em Fortaleza.