O São Paulo goleou o Santos por 4 a 1, neste domingo, em Mogi Mirim, pela última rodada do Brasileirão. Diante de um adversário enfraquecido por poupar os titulares para o Mundial, o time são-paulino fez sua parte e ganhou o jogo, mas não conseguiu a vaga na Libertadores de 2012 porque o Inter venceu o Grêmio e terminou um ponto na frente – 60 a 59.

Para conseguir a vaga na Libertadores, o São Paulo precisava de uma grande combinação de resultados na última rodada do Brasileirão. E quase conseguiu. Primeiro, fez sua parte ao ganhar do Santos. Ainda contou com os tropeços de Coritiba e Figueirense, que estavam na sua frente. Mas não teve a mesma sorte com o Inter, que foi o último classificado para a competição continental.

O Santos não estava muito preocupado com a despedida do Brasileirão, pois embarca nesta segunda-feira para a disputa do Mundial no Japão. Assim, poupou quase todos seus titulares – a exceção foi o meia Elano, que precisa recuperar ritmo de jogo após recente contusão. E, com a goleada no clássico, terminou o campeonato com 53 pontos, na 10ª colocação.

O jogo começou com pressão do São Paulo, em lances que contaram com a participação direta de Luis Fabiano. Aos sete minutos, ele recebeu na área e chutou para defesa firme do goleiro Vladimir. No minuto seguinte, o atacante girou sobre a marcação e bateu, mas o chute saiu prensado e novamente Vladimir não deu nem rebote.

Assim, na base da pressão, o São Paulo logo abriu o placar. Aos 12 minutos, Fernandinho levantou a bola na área e Luis Fabiano cabeceou para abrir o placar: 1 a 0. Aos 26, quase saiu o segundo quando Denilson deixou Jean sozinho dentro da área. O lateral chutou, mas a bola bateu no travessão santista.

O segundo gol do São Paulo veio aos 33 minutos. Cícero chutou forte de pena esquerda, de fora da área, e a bola entrou no ângulo direito de Vladimir, fazendo um golaço. Cinco minutos depois, Lucas recebeu fora da área, driblou o marcador e bateu de direita à meia altura do lado direito de Vladimir: 3 a 0.

O Santos fez seu gol de honra aos 16 minutos da etapa complementar. Em falta da entrada da área, Elano bateu no meio e a bola entrou. Aos 35, porém, o São Paulo ampliou, de novo com Luis Fabiano. O atacante encarou a marcação e chutou cruzado. A bola saiu sem força, mas o goleiro Vladimir aceitou, finalizando o placar de 4 a 1.

FICHA TÉCNICA:

São Paulo 4 x 1 Santos

São Paulo – Rogério Ceni; Jean, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Denilson, Cícero (Piris) e Lucas (Henrique); Fernandinho (Marlos) e Luis Fabiano. Técnico: Leão.

Santos – Vladimir; Pará, Bruno Aguiar, Vinicius e Eder Lima; Anderson Carvalho, Ibson, Elano e Felipe Anderson (Breitner); Diogo e Alan Kardec. Técnico: Tata (interino).

Gols – Luis Fabiano, aos 12, Cícero, aos 33, e Lucas, aos 38 minutos do primeiro tempo; Elano, aos 16, e Luis Fabiano, aos 35 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Rodrigo Braghetto (SP).

Cartões amarelos – Bruno Aguiar e Felipe Anderson.

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio Romildo Gomes Ferreira, em Mogi Mirim (SP).