Apesar de não fazer uma partida brilhante, o São Paulo jogou o suficiente para golear o Náutico neste domingo (26), no Morumbi, por 5 a 0, chegar a 44 pontos e garantir os seis de vantagem sobre o Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. Já o time pernambucano, com mais esta derrota, segue na 18ª colocação na classificação, com apenas 20 pontos.

O nível técnico do primeiro tempo foi muito baixo. Jogando contra uma equipe muito recuada, o São Paulo não articular suas jogadas de ataque. O time tricolor tocava a bola na defesa esperando o Náutico avançar. Mas o time pernambucano não abria mão da forte marcação e poucas vezes se lançava ao ataque.

Mesmo assim, as duas equipes tiveram duas chances cada para abrir o placar. A primeira oportunidade foi são-paulina. Aos nove minutos, Souza bateu escanteio pela esquerda, Borges subiu bem de cabeça, mas Daniel Paulista salvou em cima da linha. O Náutico respondeu somente aos 18 minutos, com Elicarlos chutando de longe e a bola passando perto do gol de Rogério Ceni.

Aos 29 minutos, os anfitriões tiveram outra ótima chance para abrir o placar. Leandro foi à linha de fundo e cruzou para Borges, mas o atacante, sozinho, furou e a bola foi para fora. Nove minutos depois, os visitantes também desperdiçaram ótima chance. Sidney recebeu a bola sozinho na área, mas chutou em cima de Rogério Ceni.

No começo do segundo tempo a história se repetiu. O São Paulo atacava sem objetividade e o Náutico se segurava. Mas um lance aos nove minutos mudou o rumo da partida. Hamilton fez falta dura em Leandro e levou cartão amarelo. Souza discutiu com os jogadores do time pernambucano e foi empurrado por Acosta. Na confusão, ele acabou acertando acidentalmente o árbitro Wagner Tardelli, que acabou expulsando Acosta.

Da água para o vinho

O lance acordou o time tricolor e o jogo mudou da água para o vinho. Dois minutos depois veio o primeiro gol. Hernanes tocou para Breno, na área. O zagueiro cruzou, Borges chutou em cima de Eduardo e, no rebote, Dagoberto tocou para abriu o placar. Aos 19, o São Paulo fez mais um. Hamilton empurrou Leandro dentro da área e o árbitro marcou o pênalti. Rogério Ceni bateu e converteu.

Muricy mexeu fez duas alterações e o São Paulo transformou a vitória em goleada. Hugo e Aloísio, que tinham acabado de entrar na partida, ampliaram aos 27 e 29 minutos. Depois do quarto gol, o time paulista tratou de tocar a bola e esperar o tempo passar. No último minuto de jogo, Hugo aproveitou outra cobrança de escanteio e fez seu segundo gol na partida e o quinto do São Paulo.

O líder volta a jogar pelo Brasileirão na próxima quarta-feira, para fazer o clássico paulista contra o Palmeiras. Já o Náutico vai ao Rio de Janeiro, na quinta-feira, para enfrentar o Vasco.