O São Paulo precisa vencer o Defensa y Justicia, da Argentina, nesta quinta-feira, às 21h45, no estádio do Morumbi, na capital paulista, para avançar à segunda fase da Copa Sul-Americana pois no primeiro duelo, fora de casa, houve empate sem gols. Se o resultado se repetir, a decisão será nos pênaltis. O principal desfalque é o zagueiro Maicon, que está suspenso, e dará lugar a Lucão, que ganhou a disputa para ser titular.

Esse será o primeiro jogo do São Paulo em quase três semanas depois das eliminações no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil. Durante esta “intertemporada”, o técnico Rogério Ceni tratou de corrigir os problemas das jogadas aéreas da equipe e pensou em estratégias para vencer adversários que se defendem muito bem.

Foi diante de rivais deste tipo, como Cruzeiro e Corinthians, que o São Paulo sofreu e foi eliminado. Nas partidas de ida contra eles o time tricolor não conseguiu furar o bloqueio e acabou sofrendo gols que deixaram a equipe em situação mais delicada.

Por isso, o treinador fez questão de buscar estratégias porque enfrentará um adversário argentino que usa três zagueiros e alas bem posicionados atrás. “Vamos enfrentar uma equipe que explora bastante a velocidade dos atacantes, joga com três zagueiros e acredito que vai vir fechadinha aqui. O Rogério vai passar os vídeos e vamos estudar bem, para que possamos fazer um grande jogo e conquistar a vitória”, comentou o lateral-direito Bruno.