Técnico novo, vida nova. Na noite desta terça-feira, Sérgio Guedes estreou no comando do São Caetano e conquistou a primeira vitória para o time no Campeonato Brasileiro da Série B. A vítima foi o Bragantino, que caiu por 2 a 0, no Estádio Anacleto Campanella, pela terceira rodada. Guedes foi contratado na semana passada para a vaga de Márcio Araújo.

Sob o comando do antigo treinador, o São Caetano não havia pontuado e agora somou seus três primeiros pontos, na zona intermediária da tabela. Já o Bragantino, que fez sua primeira partida sem Romarinho – negociado nesta terça-feira com o Corinthians -, conheceu seu segundo revés seguido e tem a mesma pontuação que seu adversário.

O primeiro tempo começou bastante movimentado, com os dois times criando boas chances de gol. Quem abriu o placar foi o São Caetano, aos 28 minutos. Diego mandou para a área, Luís Henrique furou e Geovane soltou a bomba, sem chances para Alê. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar.

Melhor em campo, o time do ABC paulista ampliou aos 36 minutos. Éder tabelou com Leandrão e saiu na cara do goleiro, tendo o trabalho apenas de deslocá-lo. No último minuto, Cris fez falta dura em Leandrão e foi expulso direto, dificultando ainda mais a vida do Bragantino.

Na frente do marcador, o São Caetano voltou do intervalo preocupado em se defender e matar o jogo nos contra-ataques, mas encontrou pela frente um Bragantino que não se arriscava em campo.

O time da casa criou os principais lances. No primeiro, Gabriel soltou a bomba em cobrança de falta e Alê fez grande defesa. O goleiro visitante voltaria a trabalhar em chute de Pedro Carmona, dentro da pequena área.

As duas equipes voltam a campo, pela quarta rodada, no próximo sábado. O São Caetano enfrenta o ABC, às 16h20, no Frasqueirão, em Natal. Já o Bragantino recebe o Paraná, às 21 horas, no Estádio Nabi Abi Chedid.

FICHA TÉCNICA:

SÃO CAETANO 2 X 0 BRAGANTINO

SÃO CAETANO – Luiz; Samuel Santos, Gabriel (Eli Sabiá), Vágner e Diego; Moradei, Augusto Recife, Éder (Pedro Carmona) e Marcelo Costa; Geovane (Luciano Mandi) e Leandrão. Técnico – Sérgio Guedes.

BRAGANTINO – Alê; Rafael Caldeira, Cris e Luis Henrique; Léo Jaime (Alex), Rodrigo Pontes, Sílvio, Fernando Gabriel e Andrezinho; Cesinha (Éder) e Lincom (Diego Pereira). Técnico – Marcelo Veiga.

GOLS – Geovane, aos 28, e Éder, aos 36 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP).

CARTÕES AMARELOS – Moradei, Silvio, Luís Henrique e Rafael Caldeira.

CARTÃO VERMELHO – Cris.

PÚBLICO – 306 pagantes.

RENDA – R$ 2.055,00.

LOCAL – Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).