O Santos está próximo de fazer alguns ajustes no time para a etapa final do Brasileirão, que começará depois da Copa do Mundo. Alguns jogadores poderão deixar o elenco, como Léo Lima, que tem contrato até o final do mês e já não está mais sendo escalado para jogos no campeonato, para que sua transferência para outro clube do país não seja prejudicada. Na outra mão, alguns reforços deverão chegar e a aposta maior é no retorno do meia Elano, que está no Shaktar Donetsk.

O presidente Marcelo Teixeira e o técnico Vanderlei Luxemburgo não escondem o interesse em ter o atleta de volta e Elano já manifestou sua vontade de retornar ao Brasil. As negociações entre os dois clubes é que estão complicadas. O Shaktar pagou US$ 10 milhões (R$ 23 milhões) pelo jogador ao Santos, que aceita pagar por parte da multa se não conseguir o empréstimo. O time ucraniano é o mesmo dos meias Jádson e Fernandinho, ex-Atlético-PR. O santistas estariam dispostos a desembolsar 3,5 milhões de euros por 30% desses direitos para que o meia fique 18 meses na Vila Belmiro.