enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Santos pega Atlético-PR e foge de prejuízo em Rio Preto

O Santos terá lucro certo no seu último jogo como mandante, apenas para cumprir tabela, neste domingo, às 19h30, no estádio Benedito Teixeira, em São José do Rio Preto (SP), contra o Atlético Paranaense. Impedido de usar a Vila Belmiro, fechada para a troca da grama sintética (vetada pelos órgãos de segurança por ser produto de alta combustão) por outro tipo de piso nos camarotes térreos, o clube aceitou convite da Prefeitura da cidade do interior paulista. Em troca terá as despesas de transporte e hospedagem pagas pela empresa marketing esportivo EE&L, que ainda pagará uma cota, de valor não informado. A renda será da empresa promotora da partida.

Como na região de São José do Rio Preto há muitos santistas, o departamento de marketing do clube vai aproveitar a oportunidade para arregimentar novos sócios torcedores, dentro do projeto Sócio-Rei. Entre os clubes que aderiram à campanha de sócio torcedor, o Santos, com 65 mil sócios, é o terceiro colocado, atrás apenas de Internacional e Grêmio. E também será a volta ao estádio da última conquista de título do Brasileirão pelo clube, em 2004, ainda com a geração de 2002, com a vitória por 2 a 1 contra o Vasco. O técnico santista era Vanderlei Luxemburgo.

O jogo não tem importância para o Santos, que perdeu a última chance de obter vaga para a Copa Libertadores de 2014 na derrota contra o Vitória, há duas rodadas. Mas o time terá a torcida de Grêmio (terceiro colocado, com 61 pontos), Goiás (quarto, com 59) e Botafogo (quinto, com 58 e ainda com possibilidade de classificação), que se beneficiam em caso de derrota do Atlético.

Uma das poucas motivações dos santistas é terminar o Brasileirão como o melhor dos paulistas, apesar de ter perdido Neymar e trocado Muricy Ramalho pelo principiante Claudinei Oliveira após a derrota contra o Botafogo, na segunda rodada, chegando a ser apontado como candidato certo ao rebaixamento para a Série B.

Desde o momento em que o presidente em exercício, Odílio Rodrigues Filho, confirmou que o Santos será comandado por outro treinador no Campeonato Paulista, a maioria dos jogadores prometeu transformar em decisões as últimas partidas para ajudar Claudinei Oliveira a se valorizar. O treinador pode deixar o clube com campanha superior à do ano passado, com Muricy Ramalho e Neymar.

O time terá duas mudanças no meio de campo em razão da suspensão de Arouca pelo terceiro cartão amarelo e a lesão que Alison sofreu no músculo adutor da coxa esquerda. Os substitutos serão Alan Santos e Marcos Assunção, respectivamente. Com as alterações, Claudinei Oliveira vai liberar Cícero para jogar mais adiantado, com o esquema variando de 4-4-2 para 4-3-3.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas