O Santos perdeu a chance de terminar a primeira parte do Brasileirão com 100% de aproveitamento em casa. O time de Vanderlei Luxemburgo ficou apenas no 0 a 0 com o Botafogo e está agora em quinto lugar com 18 pontos ganhos – três a menos que o líder Cruzeiro. Antes desse resultado, eram 4 vitórias em 4 jogos na Vila, pelo Campeonato Brasileiro. O próximo jogo do time paulista será apenas dia 12 de julho, contra o Figueirense, em Florianópolis.

Assim como na partida contra o Grêmio, o Santos começou o jogo com três zagueiros. E, assim como contra os gaúchos, o time começou jogando muito mal. À vontade em campo, o Botafogo não dava espaços para o Santos atacar e ainda levava bastante perigo no ataque. Tanto que a primeira grande oportunidade da partida foi do time carioca. Logo aos 3 minutos, Rui recebeu na cara do gol, mas Fábio Costa saiu bem e defendeu. Dois minutos depois, os anfitriões responderam na mesma moeda. O também lateral-direito Dênis invadiu a área e chutou para fora.

Escalado com três volantes, o time de Cuca não dava espaços para Rodrigo Tabata e Kléber. Diante deste quadro, Luxemburgo resolveu mexer. Aos 21 minutos ele colocou o meia André no lugar do zagueiro Ávalos.

A mudança melhorou o time da Vila, que equilibrou a partida. Com mais um meia para marcar, o meio-campo botafoguense passou a dar mais espaços a Tabata. Aos 38, o meia fez ótimo passe para Wellington Paulista que cruzou para Reinaldo. Thiago Xavier antecipou e cortou.

O Botafogo ainda levava perigo e aos 42, Rui quase marcou após falha de Fábio Costa, mas o goleiro se recuperou bem.

No segundo tempo, o jogo melhorou para o Santos, que passou a criar as maiores chances de gol. Principalmente pelo alto e com as aproximações de Dênis e Rodrigo Tabata no ataque. O goleiro Lopes, do Botafogo, fez boa defesa em uma cabeçada de Luis Alberto. O gol não veio e o Santos perdeu seus primeiros pontos em casa pelo Brasileirão.