Mesmo sem ver uma grande atuação de Robinho, o torcedor santista não tem muito do que reclamar da sua equipe. Jogando em um gramado alagado, em Mirassol, o Santos venceu a equipe da casa por 2 a 1, neste domingo, e segue firme na ponta do Paulistão.

Com a vitória, a sétima seguida no Campeonato Paulista, o Santos chega a 25 pontos, quatro a mais que o Santo André, o adversário mais próximo. Já o Mirassol, com 10 pontos, segue na parte de baixo da tabela, perto da zona de rebaixamento.

Robinho decepcionou. Depois da boa atuação contra o Bragantino, na última quinta-feira, em que marcou dois gols, o camisa 7 pouco apareceu no jogo e foi substituído por Maikon Leite aos 27 do segundo tempo.

No primeiro tempo, o jogo foi brigado até o Santos abrir o placar, aos 26 minutos, num chute de fora da área de Wesley. O Mirassol, que até então se manteve fechado na defesa, esperando por uma bola parada ou um contra-ataque, chegou ao empate aos 36 minutos: Gérson cobrou falta rasteiro, a bola desviou na zaga e entrou.

No segundo tempo, a estreia do lateral-direito Maranhão deu novo gás ao time do Santos. Foi do ex-jogador do Guarani o passe para Madson, que arrancou junto à lateral da área e foi derrubado por Bruno Perone. Falta que o mesmo Madson bateu com precisão para fazer 2 a 1.

Com a vantagem no placar, o Santos voltou desacelerar o jogo e o Mirassol partiu para a precisão, sem conseguir, no entanto, restabelecer a igualdade no placar.

Na próxima quarta-feira, às 21h50, o Santos estreia na Copa do Brasil, diante do Naviraiense, no Estádio Morenão, em Campo Grande (MS). Pelo Paulistão, o time da Vila Belmiro encara o clássico contra o Corinthians, no domingo, em Santos.

FICHA TÉCNICA:

Mirassol 1 x 2 Santos

Mirassol – Renê; Bosco (Erick), Bruno Perone, Douglas e Anderson Paim; Diogo Orlando, Gérson (Anderson Luís), Alex Silva e Éder (Pablo Escobar); Lins e Evando. Técnico – Pintado.

Santos – Felipe; Madson (Germano), Edu Dracena, Durval e Pará; Rodrigo Mancha, Roberto Brum, Marquinhos (Maranhão) e Wesley; Robinho (Maicon Leite) e André. Técnico – Dorival Júnior.

Gols – Wesley aos 26 e Gérson aos 35 minutos do 1º tempo; Madson aos 12 do 2º.

Juiz – Fábio de Jesus V. Mendes.

Cartões amarelos – Anderson Paim, Alex Silva, Diogo Orlando, Roberto Brum, Rodrigo Mancha, Bruno Perrone, Bosco, André e Felipe.

Renda e público – não disponíveis.

Local – Estádio José M. C. Maia, em Mirassol (SP).