O Boca Juniors deu nesta quarta-feira um importante passo para o ser o adversário de Internacional ou Fluminense na próxima fase da Copa Libertadores. Jogando em casa, no La Bombonera, o time argentino recebeu o Unión Española e venceu por 2 a 1 na partida de ida das oitavas de final do torneio continental.

Hexacampeão da Libertadores, o Boca vai jogar pelo empate na partida de volta do confronto, na próxima quarta-feira, novamente às 19h30, desta vez no Chile. O time argentino também passa se perder por um gol de diferença, mas balançando as redes adversárias duas ou mais vezes.

O primeiro gol saiu aos 24 minutos, numa bela troca de passes do Boca. Riquelme recebeu pelo meio e tocou para Darío Cvitanich, que devolveu de primeira. O craque saiu na cara do gol e bateu de esquerda para fazer 1 a 0.

O gol de empate nasceu de um erro da zaga argentina. Após um chutão desde o campo de defesa dos chilenos, defensor argentino cabeceou para trás e deu a bola de presente para Jaime, que ganhou na corrida e deixou tudo igual.

A um minuto do fim do jogo, o Boca conseguiu chegar ao gol da vitória. Após cruzamento da esquerda, Santiago Silva, ex-jogador do Corinthians, se antecipou à marcação, cabeceou no canto e fez o segundo dos donos da casa.