enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Sandro Blum, outro reforço do Paraná

  • Por Irapitan Costa
Sandro chegou, se apresentou e já treinou.

O experiente zagueiro Sandro Blum assinou ontem seu contrato com o Paraná Clube. É o segundo reforço do clube para a disputa do Brasileirão, a partir do fim do mês. O processo de reformulação do elenco prossegue e é intenção da diretoria a contratação de pelo menos mais quatro jogadores. As prioridades, porém, são um lateral-direito e um meia-armador. Blum, 32 anos, foi apresentado à tarde e já iniciou treinamentos físicos.

O rótulo de “xerife” é bem aceito por Sandro Blum. “Isso acontece porque sempre fui capitão nos clubes por onde passei”, comentou. “Mas, essa questão de liderança ocorre ao natural. Não é na base do grito e sim da confiança”. O zagueiro traz em seu currículo vários títulos e jogou por Grêmio, Juventude, Palmeiras, Atlético Mineiro, Sport e Santa Cruz. Notabilizou-se, ainda, por ter permanecido alguns anos nesses clubes. “Não sou de ficar só três meses em um time. Gosto de me identificar com o clube, a torcida e a cidade”.

Sandro Blum estava sem clube desde dezembro passado. Em 2002 jogou pelo Santa Cruz, na Série B do campeonato brasileiro. Desde então o zagueiro estava em Caxias do Sul, com sua família, mas mantendo a forma física. Esteve perto de se transferir para o futebol chinês, mas preferiu aguardar uma chance no Brasil. “Agora é apertar o passo para estar no mesmo nível dos demais jogadores já para a estréia no nacional”. Sandro já realizou os primeiros testes físicos ontem à tarde.

Blum não tem preferência por esquema tático. “Quero é jogar. Se o time terá dois ou três zagueiros é uma questão para o treinador”. Com ele, o Paraná conta com cinco zagueiros de área (as outras opções são Cristiano Ávalos, Roberto, Fernando Lombardi e Ageu). Com a defesa armada, os dirigentes concentram-se, agora, na busca por um lateral-direito e um meia-de-criação. Na seqüência, o Paraná deverá trazer ainda mais um lateral-esquerdo e um atacante.

Gil Baiano, hoje no Marília, é uma das opções para o meio-de-campo, mas a negociação depende de sua desvinculação do clube paulista. Gil destacou-se no ano passado jogando a Copa do Brasil pelo Brasiliense e chegou a ser anunciado como reforço do Coritiba. Porém, o jogador descartou o alviverde e acertou com o Bahia. Para a ala-direita, o clube busca nova alternativa, pois Jamur permanece no Londrina e o Paraná está priorizando as negociações com atletas que estejam livres no mercado.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas