Em preparação para a Copa do Mundi que vai sediar em 2018, a Rússia entrou em campo neste sábado. E contou com uma ampla ajuda da defesa da Coreia do Sul para vencer o amistoso por 4 a 2, na Arena CSKA – que não receberá jogos do Mundial -, em Moscou. Os sul-coreanos marcaram dois gols contra, facilitando a vida dos russos.

O “destaque” do jogo acabou sendo Kim Ju-young. O zagueiro foi o autor dos dois gols contra, curiosamente marcados num intervalo de apenas três minutos. Aos 10 minutos do segundo tempo, ele anotou o primeiro, ao desviar para as redes uma cobrança de escanteio. Na sequência, tentou cortar passe de Alexander Yerokhin e também acertou o próprio gol.

Os demais gols dos anfitriões foram marcados por Fedor Smolov, aos 44 minutos da etapa inicial, e por Aleksey Miranchuk, aos 38 minutos do segundo tempo. Depois de aberta a goleada russa, a Coreia do Sul descontou com Kyung-Won Kwon e Dong-Won Ji nos três minutos finais do amistoso.

Foi o primeiro jogo da Rússia desde a fraca campanha exibida na Copa das Confederações. Para a Coreia do Sul, o jogo era importante por se tratar do primeiro jogo desde a conquista da vaga na Copa do Mundo.

Na terça-feira, a Rússia voltará a campo para mais um amistoso preparatório. Enfrentará novamente uma seleção já classificada para a Copa: o Irã. O jogo será na Arena Kazan, que sediará partidas do Mundial. A Coreia do Sul, no mesmo dia, na Suíça, vai duelar com Marrocos, ainda em busca da classificação.