A Federação Russa de Basquete comunicou nesta quarta-feira que foi suspensa pela Federação Internacional de Basquete (Fiba), o que deve deixar a sua seleção masculina fora da próxima edição do Campeonato Europeu de Basquete, que também é classificatório para os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

A suspensão, que impede a participação em competições internacionais, vem depois de dois anos de disputas internas na federação, que culminou em uma decisão da Justiça da Rússia ordenando a realização de novas eleições para o comando da entidade.

Uma decisão judicial anterior anulou o resultado da eleição presidencial de 2013, em que Yulia Anikeeva derrotou a ex-jogadora Svetlana Abrosimova, que alegou terem ocorrido muitas violações das regras eleitorais.

Nesta quarta, ao revelar ter sido punida, a federação publicou em seu site oficial uma carta da Fiba direcionada a Anikeeva em que a entidade internacional declara que a suspensão da Rússia resultou de uma falta de “unidade e estabilidade” no comando do basquete russo.

O Europeu Masculino de Basquete está marcado para setembro e classifica os finalistas para a Olimpíada de 2016. Já as seleções que ficarem entre o terceiro e o sexto lugar participarão posteriormente de um pré-olímpico mundial. Assim, se não reverter a punição, a Rússia estará fora dos Jogos do Rio, após conquistar a medalha de bronze na Olimpíada de 2012.

Além disso, a seleção feminina de basquete da Rússia não tem mais chances de se classificar para os próximos Jogos Olímpicos após ficar apenas na sexta colocação no Europeu.