Wayne Rooney começará no sábado sua terceira Copa do Mundo, mas o artilheiro do Manchester United ainda está em débito com a torcida inglesa: apesar de ter disputado oito partidas em Mundiais, ele ainda não marcou nenhum gol. Apesar disto, nesta quarta-feira ele negou que o jejum o incomode.

“Honestamente, eu não estou preocupado em ter sucesso em marcar, estou preocupado com o sucesso da equipe”, disse o jogador, que deverá formar o ataque contra a Itália ao lado de seu companheiro de clube Daniel Welbeck, que sentiu a coxa no treino de terça-feira e não treinou com o grupo nesta quarta. Mesmo assim, poderá estar em campo no sábado.

“Danny (Welbeck) está bem, tenho certeza de que estará em condições para a partida de sábado. Ele apenas não quis arriscar hoje (quarta)”, confirmou Rooney na coletiva de imprensa realizada logo após o treino, na Urca, zona sul do Rio.

A Inglaterra tem engasgada a eliminação para a Itália nas quartas de final da Eurocopa de 2012, quando caiu nos pênaltis após empate no tempo normal e na prorrogação. Rooney esteve naquela partida, mas destacou que o time inglês mudou bastante.

“Temos uma equipe renovada e será interessante ver como progredimos. Os mais jovens deram uma nova energia”, avaliou o atacante, que disse ainda que a Itália também deve estar preocupada para a partida.

Rooney não quis revelar sobre como a Inglaterra pretende anular Pirlo, apontado como o principal jogador da seleção italiana. “Nós não estamos muito focados em Pirlo. Ele é fantástico, mas eles têm também outros grandes jogadores, assim como nós.”