Depois de curtirem um dia inteiro sem compromissos, podendo dormir fora da concentração de sábado para domingo, os jogadores da seleção de Portugal voltaram a treinar nesta tarde, em Nova Jersey, nos Estados Unidos. E o astro Cristiano Ronaldo, que só trabalhou com bola pela primeira vez no sábado, voltou a treinar sem restrições.

O craque, que tratava de dores no músculo posterior da coxa esquerda e de tendinite no joelho da mesma perna, deverá jogar nesta terça no amistoso contra a Irlanda, o último envolvendo seleções da Copa antes do Mundial.

O técnico Paulo Bento, porém, segue com dois problemas. Um deles é o zagueiro Pepe, que ainda se recupera de lesão na panturrilha esquerda, que o tirou da final da Liga dos Campeões da Europa, vencida pelo Real Madrid, seu clube. Neste domingo, ele fez trabalho de “reinserção desportiva individual, no campo”, segundo nota explicado pela Federação Portuguesa de Futebol. O outro desfalque é o goleiro Beto, que ficou na academia mais uma vez.

Ronaldo e Pepe precisam estar prontos para atuar na estreia de Portugal na Copa no dia 16 contra a Alemanha, na Arena Pernambuco, no Recife. A seleção lusa joga na sequência contra os Estados Unidos seis dias depois, na Arena Amazônia, em Manaus, e termina participação no Grupo G contra Gana no dia 26, no estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília.