Ronaldo desencantou na temporada, mas seu gol não foi suficiente para dar a vitória ao Corinthians nesta quarta-feira. Jogando no Pacaembu, o time empatou por 1 a 1 com o Mirassol, pelo Campeonato Paulista. O atacante deixou o gramado com dores na coxa direita e virou motivo de preocupação para o técnico Mano Menezes.

Com o empate, o Corinthians desperdiçou a chance de assumir a liderança da competição. Soma agora oito pontos, mesma pontuação do Palmeiras, que ocupa a primeira posição por ter maior saldo de gols. O Mirassol tem três pontos e é o 16.º colocado.

Perto da zona da degola, o Mirassol foi ao Pacaembu para se defender. Com a lesão do atacante Evando, cortado nos vestiários, o técnico Pintado decidiu utilizar o esquema 3-6-1. Já o Corinthians contou com a estreia do meia Danilo, que formou meio-campo com Tcheco.

Como era esperado, a dupla imprimiu um ritmo mais lento ao setor, o que dificultou a movimentação do ataque. Se a bola demorava para chegar na frente, Ronaldo tentava aproveitar as poucas oportunidades que tinha. Na primeira delas, em ritmo de pré-temporada, chutou nas arquibancadas do Pacaembu.

Só conseguiu acertar a mira aos 44 minutos. Enquanto dois jogadores estavam impedidos, Ronaldo surgiu da defesa e, sozinho na área, driblou o goleiro e só empurrou para as redes. Foi o primeiro gol dos 30 prometidos pelo atacante para 2010.

Logo no começo do segundo tempo, Ronaldo voltou à carga, mas o árbitro assinalou impedimento e anulou o que seria o segundo gol corintiano. O atacante acabou deixando o campo com dores na coxa direita. Bill, mais uma vez vaiado, entrou no seu lugar.

Ainda sem vencer na competição, o Mirassol desfez o esquema tático na etapa complementar e decidiu partir para cima. Deu certo. O goleiro Felipe, que sequer havia sujado o uniforme até então, se atrapalhou duas vezes no mesmo lance e Ferreira, que havia acabado de entrar, não perdoou. O atacante ganhou de Balbuena para aproveitar o rebote e marcar o empate, aos 13 minutos.

A partir daí o jogo ficou ainda mais preso no meio-campo. Danilo, que vinha fazendo boa partida, cansou. Assim como ele, Tcheco também sumiu e foi substituído. As coisas pareciam a ficar mais fáceis para os corintianos quando o zagueiro Amarildo foi expulso. No entanto, o Mirassol se fechou ainda mais na defesa e segurou o resultado.

O Corinthians agora se prepara para o clássico de domingo, contra o arquirrival Palmeiras, às 17 horas, no Pacaembu. Também pela 5.ª rodada, o Mirassol enfrenta o Paulista, fora de casa, no mesmo dia.

Ficha Técnica:

Corinthians 1 x 1 Mirassol

Corinthians – Felipe; Alessandro, Paulo André, William e Escudero (Balbuena); Marcelo Mattos, Elias, Danilo e Tcheco (Morais); Dentinho e Ronaldo (Bill). Técnico: Mano Menezes.

Mirassol – Renê; Amarildo, Bruno Perone e Dininho; Anderson Luiz, Diogo Orlando, Gérson (Kiko), Alex Silva, Anderson Paim (Ferreira) e Eder (Vinícius); Lins. Técnico: Pintado.

Gols – Ronaldo, aos 44 minutos do primeiro tempo. Ferreira, aos 13 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Paulo André, Balbuena (Corinthians); Gérson, Ferreira (Mirassol).

Cartão vermelho – Amarildo (Mirassol).

Renda – R$ 492.366,00

Público – 16.196 torcedores.

Local – Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).