O Corinthians conquistou um bom resultado nesta quarta-feira à noite pela Copa Libertadores. No Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai, o time alvinegro derrotou o Cerro Porteño por 1 a 0, gol de Ronaldo, e ampliou a liderança no Grupo 1, agora com sete pontos. O time paraguaio é o lanterna da chave e soma apenas um ponto em três jogos.

O mesmo Cerro Porteño será o rival do Corinthians no próximo compromisso pela Libertadores, no dia 1.º de abril, às 19h15, em duelo no Estádio do Pacaembu. Ainda nesta quinta-feira, o colombiano Independiente Medellín receberá o uruguaio Racing pelo complemento da terceira rodada da chave.

O técnico Mano Menezes novamente privilegiou a marcação no Paraguai. Moacir entrou na lateral direita. Ralf, Jucilei e Elias formaram o trio de volantes, e Dentinho ganhou a vaga de Jorge Henrique no ataque. O esquema defensivo fez com que o time paraguaio encontrasse problemas e cometesse erros.

Mesmo assim, Felipe teve de trabalhar muito no primeiro tempo. Aos 13 minutos, ele pegou cabeçada do atacante Zeballos, que apareceu livre na área. Aos 27, o goleiro demonstrou agilidade para afastar um cruzamento perigoso. E, aos 33, Felipe contou com a sorte para defender com o pé chute de longe de Cáceres.

O gol corintiano chegou aos 41 minutos do primeiro tempo. Dentinho cobrou escanteio, e Danilo deu um toque de calcanhar na área. A bola sobrou para Ronaldo, na segunda trave, e o Fenômeno desviou para o fundo das redes, quebrando um jejum de gols que já durava cinco jogos.

Mano aproveitou a vantagem para recuar ainda mais o Corinthians na etapa final. O Cerro ficou nervoso, e só assustou em alguns chutes de fora da área – quase sempre sem direção. Os paraguaios ainda perderam Brítez, expulso aos 37 minutos por ofender o árbitro, e assim encerraram qualquer esperança de conquistar o empate.

Bem na Libertadores, o Corinthians volta suas atenções agora para o Campeonato Paulista. No domingo, o time de Mano Menezes encara o Prudente no interior, no Estádio Eduardo José Farah.

Ficha técnica:

Cerro Porteño 0 x 1 Corinthians

Cerro Porteño – Barreto; Irrazábal, Herner (Cardozo), Torrén e Piris; Nuñez, Brítez, Cáceres (Recalde) e Júlio dos Santos; Ramírez (Ereros) e Zeballos. Técnico: Pedro Troglio.

Corinthians – Felipe; Moacir, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Elias e Danilo (Tcheco); Dentinho (Jorge Henrique) e Ronaldo (Souza). Técnico: Mano Menezes.

Gol – Ronaldo, aos 41 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos – Nuñez, Torrén e Ramírez (Cerro Porteño); Jucilei, Moacir e Dentinho (Corinthians).

Cartão vermelho – Brítez (Cerro Porteño).

Árbitro – Pablo Antonio Pozo (Chile).

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai).