Com dois gols de Ronaldinho Gaúcho, um deles aos 47 minutos do segundo tempo, o Atlético Mineiro fez 2 a 0 sobre o Grêmio e quebrou o jejum de seis jogos sem vencer, na noite deste domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, Minas Gerais. Em seu 50.º jogo com a camisa atleticana, o craque foi o destaque da partida que tirou a equipe mineira da zona do rebaixamento. Foi a primeira vitória do time neste Campeonato Brasileiro, em jogo válido pela segunda rodada que havia sido adiado em função da Copa Libertadores.

Ao ser perguntado pelos jornalistas sobre a marca de 50 jogos pelo Atlético, Ronaldinho ficou surpreso. “Não sabia. Surpresa maravilhosa. Espero que venham mais 50 e mais 50 e eu possa continuar dando alegria ao torcedor. É bom voltar a vencer, a gente veio de um momento complicado. Se ganhar lá do Santos, vamos a sete pontos e começamos a encostar lá na frente”, disse o jogador, que fez questão de cumprimentar todos os jogadores do Grêmio, time que o revelou.

O primeiro tempo foi equilibrado. A marcação forte das duas equipes deixou o jogo amarrado, com pequena vantagem para o Atlético na posse de bola e nas chances de gol. Mesmo com a ausência de Jô, substituído por Alecsandro, a equipe mineira se sobressaiu nas jogadas aéreas. Foram 20, contra oito do Grêmio, que tem nesse tipo de jogo uma característica.

No segundo tempo, o jogo ficou ainda mais truncado. O Grêmio voltou mais atento, segurando mais a posse de bola. Mas, aos 12 minutos, Alecsandro recebeu de Marcos Rocha na pequena área e sofreu pênalti na saída de Dida. Ronaldinho bateu rasteiro no canto esquerdo. Dida até acertou o canto, mas não conseguiu pegar.

Como era de se esperar, o Grêmio pressionou em busca do empate, enquanto o Atlético tentou aproveitar os contra-ataques. Neto Berola, que entrou no lugar de Diego Tardelli, contundido, ficou cara a cara com Dida aos 38 minutos, mas chutou em cima do goleiro do Grêmio. Aos 41 minutos, foi o Grêmio que quase marcou, num chute cruzado de Alex Telles. Aos 47 minutos, Ronaldinho ampliou após receber de Neto Berola, que fez linda jogada.

Após cinco rodadas, o Grêmio permanece há seis jogos sem vencer fora de casa, com sete pontos. Desfalcado de Jô, Réver e Bernardo, que estão na seleção brasileira, Atlético trocou a lanterna pelo 16.º lugar e soma quatro pontos, ainda com dois jogos a menos. Na próxima quarta-feira, enfrenta o Santos na Vila Belmiro, pela sexta rodada do Brasileiro.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG 2 x 0 GRÊMIO

ATLÉTICO: Victor, Marcos Rocha, Gilberto Silva, Leonardo Silva e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete e Ronaldinho; Tardelli (Neto Berola), Luan (Junior César) e Alecsandro (Josué). Técnico: Cuca.

GRÊMIO: Dida, Pará, Bressan, Werley e Alex Telles; Adriano (Biteco), Souza, Elano e Zé Roberto; Kleber (Welliton) e Barcos (Lucas Coelho). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GOLS: Ronaldinho, aos 14 e aos 46 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO: André Luiz de Freitas Castro (GO).

CARTÕES AMARELOS: Diego Tardelli, Leonardo Silva e Ronaldinho (Atlético-MG); Pará, Bressan e Dida (Grêmio).

PÚBLICO: 5.753 torcedores.

RENDA: R$ 205.019,00.

LOCAL: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG).