enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Ronaldinho Gaúcho lidera o Atlético-MG contra o Tijuana

O Atlético Mineiro fez do estádio Independência o seu caldeirão, um local onde vem massacrando um adversário atrás do outro. Nesta quinta-feira, no entanto, será o time de Ronaldinho Gaúcho que vai encarar um caldeirão, às 21h30 (de Brasília), no México. O Tijuana conta com a pressão de sua torcida no estádio Caliente, no jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores.

Para o Atlético, é uma boa oportunidade de confirmar o futebol ofensivo, bonito e envolvente que tornou a equipe a principal favorita ao título na opinião de quase todos que estão acompanhando a competição. Até porque terá de mostrar força também em um gramado “estranho”, uma vez que o piso do Caliente é sintético.

Para o time mexicano, é a chance de manter vivo o sonho de ir mais longe na Libertadores, pois todos no Tijuana concordam ser praticamente impossível vencer em Belo Horizonte. O plano é obter um bom resultado nesta quinta e depois tentar perder de pouco no Brasil.

Mas um jogador poderá jogar água fria na fervura que o novato Tijuana – seis anos de existência e primeira Libertadores – está preparando: Ronaldinho Gaúcho. O meia é idolatrado em Tijuana. Na última terça, por exemplo, levou mais de 3 mil pessoas ao treino do Atlético. E, ao sair antes do fim do trabalho e ir para o ônibus, viu o veículo ser cercado. Os torcedores simplesmente viraram as costas para o treinamento.

Ronaldinho Gaúcho parece ter superado a chateação por não ter sido convocação para a seleção brasileira que disputará a Copa das Confederações e demonstra bastante motivação com a possibilidade de ser campeão sul-americano. “As batalhas vão ficar cada vez mais difíceis. Faltam 6 jogos pra realizarmos o sonho”, chegou a postar no Facebook. “Conto com o apoio da massa atleticana nessa caminhada. Vamos com tudo!! Aqui é Galo!!!!”, completou.

A torcida mineira vai fazer a sua parte. Nesta quarta, no primeiro dia de venda de ingressos para a partida de volta contra o Tijuana, no próximo dia 30, formaram-se filas longas nos pontos de venda de Belo Horizonte.

Os mexicanos encaram a partida desta quinta também pelo ponto de vista histórico. “Cada um de nós vai dar o máximo para chegar ainda mais longe”, prometeu o técnico Antonio Mohamed. “Sabemos que é fundamental conseguir um bom resultado em casa”, acrescentou o meio-campista Martínez.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas