Barcelona – Samuel Eto?o carrega a bola e serve para Ronaldinho Gaúcho. O astro brasileiro dá corte seco em dois zagueiros e bate, indefensável, no canto esquerdo de Petr Cech. O lance, aos 33 minutos da fase final, iniciou a festa em Barcelona e a vingança do time da casa sobre o Chelsea nas oitavas-de-final da Liga dos Campeões. Lampard, de pênalti, ainda empatou o jogo, mas o 1 a 1 garantiu a vaga aos espanhóis, que haviam vencido em Londres por 2 a 1.

Mais uma vez o maestro Ronaldinho deu aula de futebol no Camp Nou lotado. O melhor jogador do mundo pela Fifa, nos dois últimos anos, chamou para si a responsabilidade de organizar as jogadas da equipe. E, claro, com irreverência e talento.

Em apenas 21 minutos de jogo, Ronaldinho já havia distribuído três belos e eficientes passes de calcanhar. Num deles, Messi faria o gol não fosse carrinho do zagueiro português Carvalho.

Delírio

A cada drible do camisa 10, a torcida delirava. E o técnico rival José Mourinho balançava, negativamente, a cabeça. A estratégia de Mourinho de ?tirar a pressão? dos seus jogadores não surtiu efeito. Ao contrário, aparentando nervosismo, seus comandados apelaram, muitas vezes, para faltas violentas em cima de Messi e Eto?o. No campo, era Barcelona no ataque e Chelsea – que precisava fazer dois gols -na defesa. Alguns lances desperdiçados pelos espanhóis até os ingleses ameaçarem, no fim, em bolas perigosas de Robben e Cole.

Futebol bonito, placar nem tanto. Até vir o segundo tempo. E nele, a genialidade de Ronaldinho, completada por belo gol. O gol de Lampard viria tarde demais para os ingleses, que, se são imbatíveis no seu país, ainda lutam por títulos na Europa.

Sustos

A rodada de ontem quase marcou surpresas para Juventus e Villarreal, favoritos que garantiram a vaga após sustos. A equipe italiana, reforçada de Trezeguet e Ibrahimovic, recuperados de contusão, precisava de vitória simples diante do Werder Bremen, mas sofreu gol de Micoud. Empatou com Trezeguet e chegou à vitória com gol de Emerson, depois de o goleiro ter soltado a bola nos seus pés.

O Villarreal empatou com o Glasgow Rangers por 1 a 1 e se beneficiou pelos gols fora de casa, nos 2 a 2 do jogo de ida.