Rio de Janeiro – Com apenas um jogo disputado no campeonato carioca, o atacante Romário já deve desfalcar o Fluminense. Ele sentiu uma forte dor no joelho durante o treino de ontem e pode ficar fora do jogo de hoje com a Cabofriense, às 20h30, no Maracanã. Caso seja realmente vetado, o técnico Valdyr Espinosa garantiu que Marcelo será o companheiro de Edmundo no ataque.

“O Romário sentiu uma dor e parou imediatamente. Ele passou a ser uma preocupação, mas ainda é cedo para um diagnóstico. Vamos aguardar as próximas 24 horas”, afirmou o médico do Fluminense, Michel Simoni.

Durante o treinamento, o jogador participou normalmente dos trabalhos físicos. Depois foi chutar algumas bolas para o gol. Na última finalização, veio a dor. Romário está fazendo tratamento com antiinflamatórios para tentar se recuperar.

“O Romário é um jogador indispensável para qualquer equipe. É claro que ele faz falta. Mas também confio no Marcelo, caso ele precise ser escalado”, afirmou Espinosa. O provável substituto, que chegou a ser titular em alguns jogos do Fluminense em 2003, reconhece a dificuldade para recuperar a vaga. “Tenho que fazer a minha parte. Quem sabe o treinador não escala três atacantes no futuro?”

Com relação a Edmundo e ao lateral-direito Leonardo Moura, Simoni afirmou que ambos estão recuperados das dores musculares de que vinham reclamando.