Foto: Valquir Aureliano
Lio Evaristo está sob pressão em Apucarana. Se perder pro Azulão, pode cair.

De sensação na Copa 100 Anos, quando ganhou o título da competição no 2.º semestre de 2006, o Roma Apucarana tenta se encontrar na temporada.

A equipe pega o Iraty, às 16 horas, no Bom Jesus da Lapa, precisando desesperadamente de uma vitória. Se isso não acontecer, o técnico Lio Evaristo pode perder o cargo no Roma.

A pressão é muito grande em Apucarana, pois o time da casa ainda não venceu no campeonato. Para piorar ainda as coisas, o treinador terá que improvisar no time, para compensar as três ausências – o volante Kulmann, que levou o terceiro cartão amarelo, e o zagueiro Daniel e o lateral-esquerdo Guaru, expulsos na derrota (2 a 0) para o Iguaçu.

O atacante Felipe entra na lateral esquerda, enquanto o meia Alisson ocupa a lateral direita, e Alexandre Pitbul atuará como volante.

No Iraty, a disposição do treinador Gilberto Pereira é manter o mesmo time da sua reestréia no comando do Azulão, no empate em casa, sem gols, com o Rio Branco.

Paranaense – 5.ª rodada

Roma Apucarana x Iraty

Roma: Reinaldo; Alisson, Carlão, João Carlos e Felipe; Samuel, Alexandre Pitbul, Carlos Renato e Edinho; Juliano e Clênio. Técnico: Lio Evaristo.

Iraty: Emerson; Airton, Jefferson, Ernani e Renaldo; Russo, Diogo, Élton e Assis; Leandro e Cortez. Técnico: Gilberto Pereira.

Local: Bom Jesus da Lapa, em Apucarana

Horário: 16h

Árbitro: Antonio Marques dos Santos

Assistentes: Luiz Carlos Pereira e Cléber Eduardo Ludwig